Version FrançaisePolski WersjaEnglish VersionVersione ItalianaVersion EspañolaVersão Portuguesa

Home > História > Imagens de Nossa Senhora de Fátima 

Multimedia         



História   

Mensagem de Fátima   

Reitoria | Serviços   

Locais | Monumentos   

Peregrinos a Pé    

Casamentos | Batismos   

Acolhimento|Informações   

Pedidos de Oração   

Comunicação Social   

Transmissões online - Capelinha das Aparições   

Homilias |Mensagens    

Links   

Contactos   

Newsletter   




Simpósio teológico-pastoral de 2014


Movimento da Mensagem de Fátima




História

Imagens de Nossa Senhora de Fátima


 Imagem da Capelinha das Aparições


 

A Imagem que se venera na Capelinha das Aparições, coração do Santuário de Fátima, foi oferecida em 1920 por Gilberto Fernandes dos Santos. É obra do escultor José Ferreira Thedim.

É em madeira, cedro do Brasil, e mede 1,10.

Foi benzida na Igreja Paroquial de Fátima (a 2,5 quilómetros do Santuário, local onde foram baptizados os Pastorinhos de Fátima) a 13 de Maio de 1920, entronizada na Capelinha das Aparições a 13 de Junho de 1920 e coroada pelo Legado Pontifício Cardeal Masela, em 13 de Maio de 1946.

A coroa que a imagem ostenta apenas nas grandes celebrações é um exemplar único executado em Lisboa e nela trabalharam gratuitamente 12 artistas durante três meses. Pesa 1200 gramas e é enriquecida por 313 pérolas e 2679 pedras preciosas. Esta coroa  foi oferecida pelas mulheres portuguesas a 13 de Outubro de 1942, em acção de graças por Portugal não ter entrado na Segunda Guerra Mundial, e tem incrustada a bala oferecida por João Paulo II.

O falecido Sumo Pontifice ofereceu a bala que lhe trespassou o corpo no atentado de que foi vítima em Roma, a 13 de Maio de 1981, em sinal de agradecimento à Virgem, por lhe salvo a vida. 


Viagens da Imagem de Nossa Senhora de Fátima da Capelinha das Aparições

Esta imagem apenas deixa a Capelinha das Aparições em ocasiões consideradas muito especiais.

A primeira saída da imagem de Nossa Senhora de Fátima da Capelinha das Aparições decorreu entre 7 e 13 de Abril de 1942, para o encerramento de um congresso promovido pelo Conselho Nacional da Juventude Católica Feminina, em Lisboa.

A segunda saída veio a acontecer por ocasião do tricentenário da proclamação de Nossa Senhora da Conceição como Padroeira de Portugal, em 1946. A imagem saiu do Santuário de Fátima na manhã do dia 22 de Novembro e regressou a 24 de Dezembro, após um périplo pela Estremadura e Ribatejo.

A terceira saída teve lugar entre Outubro de 1947 e Janeiro de 1948. Nesta ocasião, a imagem peregrinou pelo Alentejo e Algarve, passando a fronteira luso-espanhola por duas vezes, em Elvas e Badajoz, e em Vila Real de Santo António.

Por ocasião do Congresso Mariano Diocesano de Madrid, a imagem da Capelinha das Aparições fez a sua quarta viagem, a Madrid, passando por outras localidades, entre 22 de Maio e 2 de Junho de 1948.

Entre 9 de Junho e 13 de Agosto de 1951, aconteceu a quinta saída, neste caso com a visita a todas as paróquias da Diocese de Leiria.

Por ocasião da inauguração do Monumento a Cristo Rei, a 17 de Maio de 1959, a imagem visitou novamente Lisboa e Almada. Foi a sexta saída do Santuário de Fátima.

A pedido do Papa João Paulo II, a imagem efectuou a sua sétima peregrinação fora do Santuário da Cova da Iria. Foi levada a Roma, no dia 24 de Março de 1984, onde, um dia depois, na Praça de S. Pedro, durante a celebração eucarística presidida por João Paulo II, se fez a consagração do mundo ao Imaculado Coração de Maria. Foi nesse dia, a 25 de Março de 1984, que João Paulo II entregou ao então Bispo de Leiria-Fátima, D. Alberto Cosme do Amaral (falecido a 7 de Outubro de 2005), a bala que o tinha atingido no atentado de que tinha sido vítima a 13 de Maio de 1981. O projéctil foi incrustado na coroa da imagem de Nossa Senhora de Fátima que tinha sido oferecida à Virgem pelas mulheres portuguesas, a 13 de Outubro de 1942. Esta coroa, chamada coroa preciosa, apenas é usada nas peregrinações aniversárias, ou em outras ocasiões consideradas especiais, estando todos os outros dias em exposição na “Fátima Luz e Paz”, mostra representativa das ofertas feitas a Nossa Senhora ou ao Seu Santuário, patente ao público no edifício da Reitoria do Santuário.

Oitava saída: A imagem voltaria ao Vaticano a 8 de Outubro do ano 2000, para, na presença de 1500 bispos de todo o mundo e de milhares de fiéis e peregrinos, Sua Santidade o Papa João Paulo II, na Praça de S. Pedro, consagrar o novo milénio à Virgem Santíssima, diante desta imagem de Nossa Senhora de Fátima, e em união com todo o episcopado do mundo. “Ó Mãe, que conheces os sofrimentos e as esperanças da Igreja e do mundo, assiste os teus filhos nas provações quotidianas que a vida reserva a cada um e faz com que, graças ao esforço de todos, as trevas não prevaleçam sobre a luz.
A Ti, aurora da salvação, confiamos o nosso caminho no novo Milénio para que, sob a tua guia, todos os homens descubram Cristo, Luz do Mundo e Único Salvador, que reina com o Pai e o Espírito Santo pelos séculos dos séculos. Amem”, refere, no 5.º e último ponto, o texto de consagração.

Nona saída: A imagem da Virgem da Capelinha das Aparições foi levada a Lisboa no dia 12 de Novembro de 2005, ocasião em que a cidade capital de Portugal se consagrou a Nossa Senhora de Fátima. O acto de consagração, após uma procissão de velas com a imagem, na qual, de acordo com as estatisticas oficiais participaram meio milhão de pessoas, foi uma das várias iniciativas que integraram o programa religioso do Congresso Internacional para a Nova Evangelização, que decorreu em Lisboa de 5 a 13 de Novembro.

Nos dias 16 e 17 de Maio de 2009, por ocasião das comemorações do Cinquentenário do Santuário de Cristo Rei, decorreu a décima saída da Imagem Nossa Senhora do Rosário de Fátima entronizada na Capelinha das Aparições, momento em que visitou Lisboa e Almada.
O programa estabelecido, organizado pelo Patriarcado de Lisboa e pela Diocese de Setúbal, pretendeu recordar a deslocação da mesma Imagem, às mesmas cidades, em 17 de Maio de 1959, no momento da inauguração do Monumento a Cristo Rei,  em que Portugal foi consagrado aos Corações de Jesus e de Maria. A celebração Cinquentenário, no dia 17 de Maio, foi presidida pelo Cardeal Saraiva Martins, Enviado Especial do Papa Bento. ../portal/index.php?id=14990 

A décima primeira saída desta Imagem teve lugar em Maio de 2010. A pedido de D. António Marto, bispo de Leiria-Fátima, a Imagem de Nossa Senhora de Fátima foi levada à "Festa da Fé", à cidade de Leiria, de 21 a 23 de Maio. ../portal/index.php?id=41166.

Em  outubro de 2013 realizou-se a décima segunda saída desta Imagem, a terceira a Roma a pedido de um Papa. A Imagem de Nossa Senhora foi o ícone mariano escolhido para representar toda devoção mariano no mundo na Jornada Mariana, que teve lugar no Vaticano e em Roma, a 12 e 13 de outubro. Acompanhada de uma delegação presidia pelo Reitor do Santuário de Fátima a Imagem esteve junto do Papa Francisco nos dois dias. No dia 13, diante da imagem, o Papa entregou a humanidade a Maria. ../portal/index.php?id=66425 

 

 Imagem de Nossa Senhora estudada cientificamente

Apresentação deste Projeto iniciado em junho de 2013



<< voltar  |  imprimir  


(C) Santuário de Fátima