search clock-o download play play-circle-o volume-up image map-marker plus twitter facebook rss envelope linkedin close exclamation-triangle home bars angle-left angle-right share-alt clock-o arrow-up arrow-down2 folder folder-folder-plus folder-open calendar-o angle-down eye

PÁGINA OFICIAL

Santuário de Fátima

Transmissão Online

Santuário de Fátima apresentou estatísticas no encontro de comerciantes

16 de fevereiro, 2017

3J3A7734.JPG

Santuário de Fátima apresentou estatísticas no encontro de comerciantes

2016 antevê muitas peregrinações em Ano Jubilar de Centenário das Aparições
 

Decorreu esta tarde no Centro Pastoral de Paulo VI o encontro de Comerciantes promovido pelo Santuário de Fátima que se se realiza de dois em dois anos. Marcaram presença 100 comerciantes.

O reitor do Santuário de Fátima, Pe. Carlos Cabecinhas, falou aos comerciantes de três sinais exteriores que ajudam a perceber que o Santuário de Fátima está a viver um ano particular: o Pórtico Jubilar; o Itinerário do Peregrino e a oração jubilar de Consagração.

“Ao peregrino que chega propomos um caminho que tem a ver com a Mensagem de Fátima”, frisou.

«É de salientar a vinda de Sua Santidade, o Papa Francisco, um peregrino entre peregrinos», porque na história de Fátima o Sumo Pontífice é «figura particular».

O Pe. Carlos Cabecinhas desafiou os comerciantes a “rezar pelo Papa e com o Papa Francisco, pela humanidade”.

As estatísticas referentes ao ano de 2016 foram apresentadas e fazem antever um Ano Jubilar do Centenário das Aparições cheio de peregrinos.

Comparando os dados de Janeiro de 2016 e 2017 esse crescimento é notório, por exemplo houve mais 24 grupos estrangeiros (40 em 2016 e 64 em 2017), o que representa 7347 peregrinos estrangeiros em peregrinações organizadas.

O santuário registou em todas as suas celebrações, oficiais e particulares, um total de de 5,3 milhões de pessoas, na sua maioria portugueses, que continuam a vir ao Santuário de forma individual. Destes 5,3 milhões, apenas 693 mil o fazem inseridos em peregrinações organizadas registadas no Serviço de Peregrinos do Santuário de Fátima.

No entanto, o número de peregrinos que visitou o Santuário em 2016 integrado em peregrinações aumentou, tal como o próprio número de peregrinações. Registaram-se mais 6 peregrinações e com mais 106 mil peregrinos relativamente a 2015.

De salientar nestes números é também a visita aos espaços museológicos do Santuário de Fátima, sobretudo a exposição temporária, no Convivium de Santo Agostinho, no piso inferior da Basílica da Santíssima Trindade, que regista uma adesão muito significativa dos peregrinos, tal como as Casas dos Pastorinhos e, num total de quase um milhão de pessoas (996 mil). Estas visitas mostram claramente um gosto pela cultura e pela história do Santuário e dos seus protagonistas.

Um gosto que se traduz na busca do peregrino mas também dos investigadores e dos jornalistas. Em 2016 foram acreditados pela Sala de Imprensa 400 profissionais de comunicação. O Serviço de Estudos e Difusão apoiou 157 investigadores ou projetos de investigação, o que é significativo. Estes números traduzem um interesse que Fátima começa a despertar, resultado do alargamento da oferta cultural e até formativa, não só através dos cursos sobre a mensagem de Fátima, que já vão na 12ª edição mas também através de um curso de verão para jovens investigadores das ciências sociais ou mesmo do curso livre que decorre na Universidade Católica em Lisboa sobre o acontecimento de Fátima.

Em 2016 registaram-se mais 6 peregrinações organizadas do que em 2015, oriundas de países estrangeiros. Estas peregrinações trouxeram mais cerca de 106 mil peregrinos.

O Serviço de Peregrinos do Santuário de Fátima registou 1 686 peregrinações portuguesas. Importa referir que as nacionais são relativas a movimentos grupos ou associações que envolveram 340 mil peregrinos. Depois, dentro do contexto nacional temos as peregrinações organizadas pelas dioceses, e neste capítulo Lisboa, Porto e Braga continuam a liderar sendo que é importante referir que embora só tenha organizado 84 peregrinações, a diocese de Leiria-Fátima continua a ser das dioceses nacionais a que mais peregrinos mobiliza: 44350.

No que toca a peregrinações estrangeiras Espanha, Itália e Polónia continuam a ser os grandes líderes de peregrinações pela proximidade geográfica. Há semelhança do que acontece com dioceses portuguesas, nem sempre são as que fazem mais peregrinações que trazem mais peregrinos a Fátima. O caso da Ucrânia é disso paradigmático, porque com apenas 20 peregrinações organizadas trouxe quase sete mil peregrinos.

No que se refere à distribuição temporal, é em maio que há sempre o maior número de peregrinos.

Nos meses de para abril e setembro registou-se um maior número de peregrinações nacionais. Os peregrinos estrangeiros continuam a vir nas datas mais emblemáticas. A peregrinação das crianças em junho continua a ser o terceiro grande momento de peregrinação ao Santuário. De entre as peregrinações mensais nacionais a peregrinação das crianças trouxe ao santuário 81 860 peregrinos portugueses de forma organizada, enquanto que a de maio trouxe apenas 56 620 peregrinos nacionais em peregrinações organizadas.

ESTATÍSTICAS