Peregrinacao.jpg


Peregrinação

Fátima tornou-se local evocativo da presença de um Deus belo e misericordioso. O pedido da Senhora do Rosário de que ali fosse construída uma capela evoca a construção permanente da Igreja através do encontro com Deus. A peregrinação a Fátima é evocação de um caminho interior ao encontro do Deus belo e bom. Cada passo dado em direção ao Santuário é chamado a ser passo dado na intimidade com o Jesus escondido, que tanto apaixonou as três crianças de Fátima, e que não deixará de cavar poços de intimidade capazes de converter a vida do peregrino. O caminho exterior da peregrinação a Fátima é convite a um caminho interior na intimidade do peregrino, certo da companhia de Maria, peregrina cheia de graça, que encoraja na busca de Deus – ela que guardava preciosamente a vida de Jesus no seu coração (Lc 2,19) – e no cuidado atento aos irmãos – ela, mulher atenta às inquietações dos outros (Jo 2,3). Porque peregrinar a Fátima é percorrer um caminho de transformação: voltar a ser criança (Mc 10,14-15), na confiança em Deus, na maturidade inocente da fé, ao jeito das primeiras testemunhas da beleza de Deus em Fátima, Francisco e Jacinta, e sua prima Lúcia.

HORÁRIOS

17 fev 2019

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 18h30
Terço

Missa, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

  • 18h30
Missa
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.