search clock-o download play play-circle-o volume-up image map-marker plus twitter facebook rss envelope linkedin close exclamation-triangle home bars angle-left angle-right share-alt clock-o arrow-up arrow-down2 folder folder-folder-plus folder-open calendar-o angle-down eye refresh

PÁGINA OFICIAL

Santuário de Fátima

Transmissão Online

Peregrinação Internacional Aniversária de maio de 2018 será presidida pelo bispo emérito de Hong Kong

12 de abril, 2018

D0216784.jpg

 

Peregrinação Internacional Aniversária de maio de 2018 será presidida pelo bispo emérito de Hong Kong

Santuário de Fátima de olhos postos na Ásia

 

Irá decorrer entre os próximos dias 12 e 13 de maio a primeira Peregrinação Internacional Aniversária do Ano Pastoral, que está a ser vivido em Fátima sob o tema “Tempo de graça e misericórdia: dar graças pelo dom de Fátima”, sublinhando a consciência do dom recebido, iniciativa gratuita e amorosa de Deus.

Um ano depois do Centenário das Aparições, cuja celebração teve como apogeu a peregrinação do Papa Francisco à Cova da Iria, em maio com a canonização dos santos Francisco e Jacinta Marto, o Santuário de Fátima prepara-se para dar continuidade ao trabalho desenvolvido ao longo de sete anos e que culminou em 2017, com a celebração do Ano Jubilar.

Esta peregrinação de maio será presidida pelo cardeal John Tong, bispo emérito de Hong kong, que rapidamente acedeu ao convite do bispo de Leiria-Fátima.

Este convite, tal como o que foi feito para outubro de 2018 ao bispo de Hiroshima, D. Alexis Mitsuru Shirahama, materializa a atenção que o Santuário de Fátima tem prestado à Ásia cujo número de peregrinos tem aumentado anualmente, como recordou D. António Marto na alocução aos hoteleiros de Fátima, no âmbito do 40ºEncontro de Hoteleiros promovido anualmente pela instituição.

“Tínhamos de trazer um bispo asiático a Fátima", porque “a Ásia é o eixo para onde o mundo cristão caminha”, disse na altura o bispo de Leiria-Fátima sublinhando o carinho e a devoção manifestadas por estes peregrinos.

Nascido em 1939,  foi ordenado sacerdote em 6 de janeiro de 1966 e recebeu a consagração episcopal em 9 de dezembro de 1996.

Em 2009 substituiu o cardeal Joseph Zen Ze-kiun como novo bispo de Hong Kong .

Fio criado cardeal no Primeiro Consistório Ordinário Público de 2012, realizado em 18 de fevereiro, recebendo o barrete cardinalício e o título de "Regina Apostolorum".

A Peregrinação começa no dia 12 de maio com uma Conferência de Imprensa às 16h00, na Sala de Imprensa do Santuário (Colunata Sul da Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima), e contará com as presenças do presidente da Peregrinação, cardeal John Tong, do bispo da diocese de Leiria-Fátima, D. António Marto e do reitor do Santuário, Pe. Carlos Cabecinhas.

De entre as celebrações desta peregrinação destaque para a abertura na Capelinha das Aparições, às 18h30; Rosário às 21h30, seguido da Procissão das Velas e Missa da Vigília, no Recinto. No dia 13, o Rosário será às 9h00, seguido da Missa Internacional no Recinto, às 10h00 e Procissão do Adeus.

Da parte da tarde, no dia 13 de maio, às 16h00, realiza-se o Recital de Acção de Graças pelo Centenário das Aparições com Andrea Bocelli, que será acompanhado pela pianista francesa Elisabeth Sombart e pela violinista ucraniana Anastasyia Petryshak, sob a já habitual direção musical de Carlo Bernini.

Entre o repertório, composto por 11 temas, está o Ave de Fátima, que será interpretado por uma convidada de Andrea Bocelli, Ana Moura, naquele que será um dos momentos mais altos deste recital, especialmente voltado para a interpretação de música sacra.

Andrea Bocelli, que conseguiu fazer do belcanto um dos géneros mais ouvidos em todo o mundo, com êxitos tão importantes como Con te Partirò, interpretará Meditation, Jules Massenet; Pietà Signore, Alessandro Stradella; Sancta Maria, Pietro Mascagni; Panis Angelicus, César Franck; Mission, Ennio Morricone; Ave Maria, Giulio Caccini; Ave Maria, Charles Gounod; Corale in Fa minore, J. S. Bach; Ave Maria, Franz Schubert; Agnus Dei, Georges Bizet; Ave Maria di Fatima, Anonimo e Domine Deus, Gioachino Rossini.

Com uma das melhores vozes de todos os tempos, Andrea Bocelli assumiu-se como um prodígio nos anos 90, com mais de 90 milhões de discos vendidos em todo o mundo.

Ao aliar a gloriosa tradição do belcanto à sensibilidade e à estética da música moderna, Bocelli conquista o coração e a alma do público, sem nunca sacrificar a integridade da sua arte.

Com dez óperas gravadas e vários álbuns de música popular, já venceu cinco BRIT Awards e três Grammys, para além de ter realizado vários concertos em espaços icónicos como o santuário da Aparecida, no Brasil ou a Praça de São Pedro, onde cantou para o Papa Francisco, em 2015, Amazing Grace, durante o encontro que celebrou os 50 anos de ecumenismo na Igreja Católica.

Cerca de 10 mil peregrinos poderão usufruir deste momento musical, produzido pela Dançar Marketing, empresa brasileira de eventos e mecenas deste Recital.