ÁUDIOS

PODCAST #Fátima no século XXI | Ano Pastoral 2022/23

Personalidades ligadas à ciência à política, às artes, à sociedade e à religião refletem sobre o lugar de Fátima no século XXI.

PODCAST também disponível em

Itunes_icon.png soundcloud_icon.png spotify.png

António Valinho, que trabalha no Santuário de Fátima desde 1980 e é um dos três funcionários mais antigos da Instituição, fala da comoção que os peregrinos lhe provocam.

O padre André Antunes, responsável pelo Comité Organizador Diocesano de Leiria-Fátima, na preparação da Jornada Mundial da Juventude, fala do “entusiasmo e da espontaneidade” como os jovens expressaram a fé e da sementeira que agora espera colher com “um compromisso renovado” com a Igreja.

A ideia de que Fátima se vive e se percebe através da experiência do lugar é uma das ideias mais difundidas e da qual Carolina Freitas é um dos muitos exemplos de concretização. Natural de Felgueiras, trocou a sua cidade natal pela Cova da Iria depois de, em 2017, ter acompanhado como voluntária uma peregrinação de idosos a Fátima, durante a visita do Papa.

A irmã Marta Couto é uma das três pessoas que integra, em Fátima, a comunidade da Associação Silenciosos Operários da Cruz, uma associação internacional privada de fiéis, reconhecida pelo Conselho Pontifício para os Leigos. Vai a Lisboa com um grupo de 35 pessoas, entre elas 13 com deficiência.

Irmã Maria Rita Ornelas, religiosa da Congregação das Servas de Nossa Senhora de Fátima integra Comité Local Organizador da Jornada, e é a convidada do podcast #fatimanoseculoXXI de maio..

 

Cristiana Lopes, jovem da diocese de Leiria-Fátima que integra o Comité Diocesano da Jornada Mundial da Juventude, defende que “é preciso mostrar outra face da Igreja que os jovens não estão a ver neste momento”.

 

Maria Rita Lima perspetiva Fátima como escola de “humildade, coragem e paciência”. Jovem estudante de medicina, integra o núcleo de estudantes católicos em Lisboa e será voluntária da JMJ pelo Opus Dei.

 

Lídia Azevedo, jovem médica recém-licenciada, da arquidiocese de Braga, fala da relação dos jovens da sua idade com a religião e a Igreja; do desafio que a Jornada Mundial da Juventude representa para os católicos e, sobretudo, da atualidade e da importância de Fátima como alavanca para uma nova relação dos jovens com Deus.

 

Maria Amorim, psicóloga de 23 anos da Cáritas de Braga que integra a equipa da Pastoral Universitária tenta perceber que pressa é esta que está no ar e motiva os jovens de hoje, a partir do tema do ano pastoral no Santuário "Maria levantou-se e partiu apressadamente".

 

Isabel Varanda, professora da Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa, reflete sobre a ecologia integral a partir da Mensagem Fátima e deste lugar: “‘Vinde a mim todos vós que estais cansados e oprimidos e eu vos aliviarei’ é uma mensagem para o Santuário, para a Igreja e para as religiões: identificar espaços como Fátima como lugares de repouso, onde haja compaixão e uma verdadeira fraternidade universal”..


HORÁRIOS

26 jun 2024

Missa, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

  • 07h30
Missa

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 12h00
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.