24 de fevereiro, 2021

3J3A9928_edited-min.jpg

Catequese Mural do ano pastoral 2020-2021 já está disponível nos painéis colocados nas alamedas do Recinto de Oração do Santuário de Fátima

A catequese enquadrada no tema do ano “Louvai o Senhor, que levanta os fracos” pretende ser uma proposta orante, meditativa e catequética

 

Em cada ano pastoral, o Santuário de Fátima tem vindo a oferecer aos peregrinos uma Catequese Mural enquadrada no tema que orienta a vida do Santuário nesse ano, em sintonia com o ciclo pastoral em curso, “Louvai o Senhor, que levanta os fracos”.

O Santuário de Fátima procurou sintonizar os próximos três anos da sua ação pastoral com a preparação da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), prevista para 2023 em Lisboa, procurando responder aos novos desafios pastorais colocados pela pandemia.

Esta catequese, localizada nas alamedas do Recinto de Oração, pretende ser uma proposta “orante, meditativa e catequética para aqueles que desejam fazer a experiência do Santuário enquanto lugar de peregrinação orante, levando-os a percorrer um itinerário físico e espiritual”, explicou André Pereira e a Ir. Sandra Bartolomeu, do Departamento de Acolhimento e Pastoral.

Neste ano pastoral, “o Santuário propôs-se acolher e fazer sua a forte experiência de fragilidade e de sofrimento que marca o hoje da humanidade, atingida pela pandemia do Covid-19, tomando como tema do ano «Louvai o Senhor, que levanta os fracos», no horizonte interpretativo do episódio evangélico da ressurreição do filho da viúva de Naim”.

Em declarações à Sala de Imprensa do Santuário de Fátima, o responsável pelo Departamento de Acolhimento e Pastoral afirma que esta catequese mural tem como horizonte “a certeza de que Deus não é indiferente ao que vivemos, antes está connosco para nos levantar e acompanhar, não permitindo que atravessemos o sofrimento em desesperada solidão”.

Intitulada Com Maria, atravessar a noite à luz da esperança, a presente Catequese Mural oferece aos peregrinos um diálogo entre os escritos de Lúcia, os ensinamentos da Igreja e a experiência humana do sofrimento, lida e rezada no horizonte da esperança.

O itinerário da Catequese está organizado em doze passos, por sua vez agrupados em sete temas a partir daquelas palavras de Nossa Senhora. Em cada tema, o peregrino encontra um trecho dos escritos de Lúcia, um texto do Magistério da Igreja, uma proposta orante e um desafio a comprometer a própria existência com Deus e no cuidado do outro que sofre, à medida que abre o coração e o próprio sofrimento à misericórdia de Deus.

A dar forma aos conteúdos encontra-se o mote elegido pelo Santuário a partir das Memórias da Irmã Lúcia para esta primeira parte do triénio: «E tu, sofres muito? Não desanimes. Eu nunca te deixarei. O meu Imaculado Coração será o teu refúgio e o caminho que te conduzirá até Deus». São estas palavras dirigidas por Nossa Senhora a Lúcia, na aparição de junho, que ligam o conteúdo e os passos do itinerário proposto.

“De olhos postos na experiência de sofrimento redentor de Cristo e no acontecimento de Fátima, enquanto expressão da misericórdia de Deus que acompanha de perto os que sofrem, a Catequese Mural desenvolve a gradualidade do seu percurso acompanhada por uma progressividade também visual”, explicam ainda.

A partir das cores que ilustram o tema deste ano pastoral, a transição gradual acontece do azul para o bordeaux, à medida que os painéis se aproximam da Cruz Alta, e do bordeaux para o azul, à medida que os painéis conduzem de novo o peregrino do topo do recinto para a proximidade da Capelinha das Aparições, “lugar para o qual a última oração da Catequese chama o olhar do peregrino e a partir do qual o convida a colocar em Deus o coração”.

O novo ano pastoral, que teve início no passado mês de novembro, terá como tema “Louvai o Senhor que levanta os fracos” e insere-se num contexto mais genérico de três anos, centrados em Maria, correspondendo, assim ao apelo do Papa Francisco ao propor aos jovens de todo o mundo um caminho preparatório para a Jornada Mundial da Juventude em Lisboa, no ano de 2023.

Para a vivência deste novo ciclo pastoral de três anos, e deste ano pastoral em particular, o Santuário preparou vários elementos de apoio, além deste agora apresentado, como o cartaz e outros suportes gráficos que recordarão, ao longo do ano, o tema que guia a vida do Santuário e um itinerário orante como proposta aos peregrinos, para todo o triénio.

PDF

DESTAQUES

CATEGORIAS

Geral Entrevista

HORÁRIOS

19 abr 2021

Missa, na Basílica da Santíssima Trindade

  • 07h30
Missa

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 12h00
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.