03 de agosto, 2016

Cartazpensar1.jpg


Congresso Internacional do Centenário desafia investigadores a Pensar Fátima

Iniciativa realiza-se de 21 a 24 de junho de 2017
 

O Santuário de Fátima vai promover, de 21 a 24 de junho do próximo ano, o Congresso Internacional do Centenário de Fátima que pretende desafiar investigadores de diferentes áreas do saber a pensar sobre o fenómeno e a mensagem de Fátima numa perspetiva interdisciplinar.

“Dedicado ao tema “Pensar Fátima – Leituras interdisciplinares”, o Congresso conta com a colaboração da Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa, no seguimento dos simpósios já promovidos no âmbito do Centenário das Aparições de Fátima, e propõe estudar Fátima a partir de diferentes prismas, da História à Teologia, da Sociologia à Psicologia, da Arte e do Património.”

As intervenções dividem-se em conferências plenárias, conferências temáticas e comunicações paralelas propostas por investigadores. Desta forma, o Congresso desafia os investigadores ao estudo do acontecimento de Fátima, particularmente através de uma reflexão aprofundada sobre as suas fontes com os instrumentos próprios das diferentes disciplinas do saber. O período de submissão de comunicações decorre até ao final de dezembro de 2016.

São sete as áreas científicas em destaque neste congresso: Fátima e as dinâmicas sociais; Fátima na perspetiva de fenomenologia religiosa; a História de Fátima; Mariologia nas fontes escritas de Fátima; Fátima e as linguagens profética e apocalíptica; a Espiritualidade e a Teologia de Fátima e a presença de Fátima ao longo de cem anos.

A celebração do centenário evento de Fátima é ocasião para um olhar sobre a história do acontecer de Fátima e as suas implicações religiosas, sociais, culturais e artísticas, o impacto religioso e sociocultural das aparições dentro e fora das fronteiras portuguesas; a influência deste fenómeno na afirmação do catolicismo português; a atenção crescente que os Papas têm dado a Fátima projetando a mensagem a uma escala global; as chaves de leitura que oferece Fátima para um olhar sobre a atualidade são naturalmente temas que podem despertar novas investigações. Por outro lado, enquanto lugar de acolhimento de quantos o visitam, crentes ou não-crentes, o Santuário de Fátima, faz-se espaço privilegiado de estudo de fenómenos diversos como a religiosidade popular, a peregrinação, as práticas votivas e de outras temáticas particularmente pertinentes para as ciências sociais e comportamentais.

A Comissão Organizadora deste Congresso é presidida pelo Professor João Duque, Presidente do Centro Regional de Braga da Universidade Católica Portuguesa. A Comissão Científica é composta por 44 membros das mais diversas áreas do saber e de diferentes latitudes.

Durante o Congresso serão proferidas sete conferências plenárias a saber: “História e Historiografia de Fátima”, por Marco Daniel Duarte; “Os eixos teológicos da mensagem de Fátima”, por Eloy Bueno de la Fuente; “Da Mariologia a Fátima”, por Stella Morra; “Fátima e Roma”, por António Matos Ferreira; “Fátima no contexto das Mariofanias”, por Afonso Soares; “Hermenêuticas dos três videntes”, por Franco Manzi; “O lugar de Fátima na reconfiguração do religioso”, por Alfredo Teixeira e “Fátima como promessa”, por D. Gianfranco Ravasi que será, de resto, a conferência de encerramento. Haverá ainda lugar para sete conferências temáticas que encabeçarão cada um dos painéis de comunicações propostas ao Congresso: “Fátima e práticas do território”, por Graça Poças Santos; “Taumaturgia em Fátima”, por Tiago Marques; “Fátima e a geografia do conflito”, por Luís Salgado Matos; “As aparições de Fátima na perspetiva da pneumatologia mariológica”, por José Cristo Rey Garcia Paredes; “Fátima e a teologia política”, por João Manuel Duque; “Fátima e  a questão ecuménica”, por José Eduardo Borges de Pinho e “Fátima e as dinâmicas pastorais em Portugal”, por Paulo Fontes. O programa completa-se com as comunicações paralelas propostas ao Congresso.

Link 

PDF

HORÁRIOS

18 jan 2022

Missa, na Capela da Morte de Jesus

  • 16h30
Missa

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 18h30
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.