02 de março, 2022

vlcsnap-2022-02-01-14h51m00s618.png

“Fátima é um rosto… Tem olhos, nariz, ouvidos, boca, expressões e traços”

No episódio deste mês da série “Rostos de Fátima”, o apresentador de televisão Hélder Reis lê Fátima a partir das "emoções intensas" espelhadas nos rostos dos peregrinos.

 

O apresentador de televisão e escritor Hélder Reis é o convidado de março da série de vídeos “Rostos de Fátima”, que apresenta a atual exposição temporária do Santuário. No episódio lançado hoje, Hélder Reis apresenta uma leitura pessoal sobre as fisionomias que peregrinam à Cova da Iria.

O profissional de televisão começa por sublinhar a importância da perenidade dos traços definidos para o rosto da imagem de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, que se deve manter constante, em contraste com o mundo em mudança.

“Falar de Fátima e falar de rostos é algo que faz todo o sentido. Como homem de fé, cidadão e profissional de televisão, recordo-me de, há uns anos, ter feito uma entrevista a um familiar do Thedim – o mestre santeiro que fez a imagem de Nossa Senhora de Fátima – e de ele me falar da importância que houve, na altura, e que há agora, aquando dos restauros, no sentido do rosto de Nossa Senhora, porque tem de ser um rosto que lembre algo constante (…) e que faça sentido sempre que o olhemos”, começa por dizer Hélder Reis.

Ao lembrar as idas à Cova da Iria, o apresentador de televisão fala da “atenção muito delicada para com o peregrino” que experimentou no Santuário de Fátima e das “intensas” emoções que decifrou nos olhares daqueles que ali peregrinam.

“Quando chegava a casa, recolhia as múltiplas imagens que fui vendo: de rostos, de olharee. (…) E, depois, o olhar de quem chegava a Fátima: um olhar de alívio, emoção e cheio de lágrimas”, recorda, emocionado, aludindo particularmente à devoção das promessas cumpridas pelos peregrinos.

“Por todos estes rostos, Fátima é um rosto… Tem olhos, tem nariz, tem ouvidos, tem boca, tem expressões, tem traços… E são traços muito universais e, ao mesmo tempo, muito pessoais. Isto é muito poético, intenso e revelador de uma fé muito profunda, que se cumpre no altar do mundo. E eu tenho esta sorte de ir lá, com tempo, como profissional, como cidadão e como crente, ter tempo para observar tudo isto. Por isso, Fátima e um rosto é o casamento perfeito!”, concluiu.

A exposição temporária Rostos de Fátima está patente até 15 de outubro de 2022, no Convivium de Santo Agostinho, piso inferior da Basílica da Santíssima Trindade, e poderá ser visitada, gratuitamente, todos os dias, das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00.

 

 

PDF

HORÁRIOS

16 mai 2022

Missa, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

  • 18h30
Missa

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 18h30
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.