31 de maio, 2022

iul3z0vs.jpeg

Fátima rezou com o Papa pelo fim da guerra

Oração do #rosariopelapaz juntou esta tarde santuários do mundo inteiro

 

A iniciativa do #rosariopelapaz, promovida pelo Conselho Pontifício para a Nova Evangelização, por decisão do Papa Francisco, juntou esta tarde milhares de peregrinos em todo o mundo, incluindo Fátima, com o pedido da paz, numa sessão zoom.

“Nesta tarde, ao terminar o mês que Vos é particularmente consagrado, eis-nos de novo diante de Vós, Rainha da Paz, para Vos suplicar: concedei-nos o grande dom da Paz, que cesse a guerra, que já há décadas infesta em várias partes do mundo, e que agora irrompeu também no continente europeu” afirmou o Papa Francisco no inicio da Oração do Rosário que em Fátima começou justamente com as palavras do Santo Padre, lidas pelo Reitor do Santuário.

“Temos consciência que a paz não pode ser apenas o resultado de negociações nem uma consequência de acordos políticos, mas é sobretudo o dom pascal do Espírito Santo” disse Francisco a todos os peregrinos do mundo a quem se dirigiu através dos meios digitais.

“Consagramos ao Vosso Imaculado Coração as nações em guerra e pedimos o grande dom da conversão dos corações” disse ainda sublinhando que “com as armas da oração, do jejum, da esmola, e com o dom da Vossa graça, podemos transformar os corações dos homens e o destino do mundo inteiro”.

“Hoje elevamos a Vós os nossos corações, Rainha da Paz: intercedei por nós junto do Vosso Filho, reconciliai os corações onde abunda a violência e a vingança, endireitai os pensamentos cegos pelo desejo de um enriquecimento fácil, e sobre toda a terra reine a Vossa Paz”, rezou o Papa Francisco.

Além da Cova da Iria, nesta oração com o Santo Padre e as famílias de todo o mundo, a iniciativa internacional passou por Santuários da Ucrânia, Iraque, Síria, Barém, Coreia do Sul, Lourdes (França), Czestochowa (Polónia), Loreto (Itália), Guadalupe (México) ou Knock (Irlanda), entre outros.

“Sob a Vossa proteção, ó Rainha da Paz, procuramos refúgio e confiamos ao Senhor, através das vossas mãos, a humanidade inteira, duramente provada pelas guerras e pelos conflitos armados”, disse-se em Fátima.

O Rosário pela Paz, rezado a partir dos mistérios dolorosos nas sete línguas oficiais do santuário, a que se acrescentou a língua árabe e a ucraniana, encerra assim o mês de maio, especialmente dedicado a Maria.

Está é a terceira vez nestes dois anos marcados pela Pandemia que o Santuário é interpelado pelo Vaticano para participar num Rosário pela Paz orientado pelo Papa Francisco.

PDF

HORÁRIOS

11 ago 2022

Rosário, na Capelinha das Aparições, e procissão das velas, no Recinto de Oração

  • 21h30
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.