16 de fevereiro, 2019

AF_CARTAZ_WEB_Festas dos Santos Francisco e Jacinta V02.jpg

 

Festa litúrgica dos Pastorinhos de Fátima envolve momento de música e oração

Programa inicia-se a 17 com o V Concerto Evocativo dos Pastorinhos

 

No próximo dia 20 de fevereiro celebra-se a Festa Litúrgica dos Pastorinhos de Fátima, os santos Francisco e Jacinta Marto.

Para assinalar a data, as celebrações no Santuário de Fátima têm início no dia 17 com o V Concerto evocativo dos Pastorinhos de Fátima , na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, às 15h30, com o grupo "Nova Era" Vocal Ensemble, que estreia a peça “Hail Mary” composta especialmente para este momento. O texto diz respeito à oração que saúda a Virgem Maria nos momentos da sua Anunciação e Visitação (Lucas 1:21-42). A obra pretende retratar os louvores dos fiéis à Virgem Maria, através de momentos de maior ou menor densidade harmónica e textual, consoante a visão pessoal sobre o significado de cada verso do texto, lê-se na folha de sala.

A Missa para dois coros de Martin será a obra central deste programa. Entre cada um dos andamentos da missa serão interpretadas obras de compositores contemporâneos, tais como Arvo Pärt, John Tavener, Sandström e João Fonseca e Costa. Todos os compositores mencionados têm em comum uma profunda ligação à música sacra.

O concerto abre com "Virgencita", composta por Arvo Pärt, depois de uma visita ao México e remete-nos para o mistério da aparição da Virgem Maria a Juan Diogo em Guadalupe.

Relacionado com o texto presente no “Kyrie” de Martin, ouvimos “Hear my Prayer, O Lord”, de Sandström. 

O cântico “Deer’s Cry” é baseado no poema escrito por São Patrício, na Irlanda em 433. Ouvindo rumores sobre uma emboscada que tencionava matá-lo a ele e aos seus seguidores, São Patrício e os seus homens fugiram para uma floresta, entoando o cântico. Segundo a lenda, o grupo de fugitivos conseguiu escapar, transformando-se num veado e vinte filhotes. Arvo Pärt compôs a obra em 2007, segundo o poema da Lorica (oração por protecção) de São Patrício.

Segue-se a peça “Hail Mary” , em estreia absoluta e depois "The Lamb", do compositor britânico John Tavener, numa composição ímpar entre texto e música. O texto escolhido é um poema de William Blake, cantado inicialmente por vozes femininas e ao qual responde o coro com um encadeamento harmónico que nos faz parar no tempo.

A obra final do concerto é, também ela, da autoria de Arvo Pärt. “Drei Hirtenkinder aus Fátima” é dedicada aos três pastorinhos de Fátima. Uma oferenda ao Santuário de Fátima aquando a sua visita. Uma obra simples, pura, sensível, mas afirmativa, lembrando-nos da fé inabalável dos três pastorinhos.

O "Nova Era" Vocal Ensemble é composto por 24 cantores, cujo objetivo principal é a divulgação da música contemporânea. A direção musical está a cargo do maestro João Barros.

A celebração litúrgica da Festa dos Pastorinhos

No dia 19 realiza-se uma Vigília, com Rosário, procissão de velas e veneração dos Santos nos seus túmulos (Capelinha e Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima)

A Festa prossegue no dia 20, às 10h00, com Rosário, na Capelinha das Aparições; às 10h45 realiza-se a Procissão com os ícones dos Santos Francisco e Jacinta até à Basílica da Santíssima Trindade, onde decorrerá a partir das 11h00 a Eucaristia. Às 14:00 realiza-se um Encontro com as crianças na Basílica da Santíssima Trindade e às 17h30 serão celebradas as Vésperas, também na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima.

Um Momento Formativo

Embora não esteja integrada nas celebrações festivas, mas seja alusiva aos Santos Pastorinhos, a Escola do Santuário organiza no próximo fim de semana a primeira Oficina Pastoral intitulada “Francisco e Jacinta na catequese da infância”, que decorrerá na Casa de Retiros de Nossa Senhora do Carmo, a partir de sábado dia 16 de fevereiro.

O itinerário temático partirá de uma introdução em que a pedagogia catequética será recordada e enquadrará o restante percurso, o qual, seguindo os passos típicos dessa pedagogia, tomará o acontecimento das aparições e as vidas e perfis de espiritualidade e santidade do Francisco e da Jacinta como motivos de ‘experiência humana’, ‘Palavra de Deus’ e ‘expressão de fé’.

Neste percurso procurar-se-á, assim, ler a espiritualidade e a santidade dos Pastorinhos (dimensão de fé) como expressão e concretização de vidas (experiência humana) transformadas pelo encontro e pela relação com Deus (Palavra).

Deste caminho preparatório partirão, depois, os trabalhos oficinais que, pontuados por tempos de plenário, permitirão a criação de propostas concretas para a catequese da infância – como subsídios para a oração ou a celebração dos sacramentos, para a peregrinação a Fátima e em Fátima, entre outros – a partir da riqueza das vidas de Francisco e de Jacinta, candeias que Deus acendeu para alumiar a humanidade e exemplos da resposta que a humanidade, como afirmou o Papa São João Paulo II.

Estas oficinas visam aprofundar o conhecimento do acontecimento e do significado do fenómeno Fátima; descobrir São Francisco e Santa Jacinta Marto; conhecer as suas biografias e a especificidade do itinerário espiritual de cada um; aprofundar o seu potencial pedagógico-catequético; aplicar o exemplo de São Francisco à educação para o silêncio; aplicar o exemplo de Santa Jacinta à educação para o sentido do outro e elaborar propostas/subsídios para a catequese da infância a partir desses exemplos.

Dos conteúdos destaque para quatro aspetos principais: Introdução e pedagogia catequética, a Experiência humana – As crianças Francisco e Jacinta Marto e o seu contexto, a Palavra de Deus – O acontecimento de Deus nas Aparições e a Expressão de fé – Os perfis de santidade de Francisco e Jacinta Marto.

As inscrições são gratuitas, mas obrigatórias e sujeitas a confirmação.

Devem ser feitas através do formulário digital disponível em https://goo.gl/forms/mK4Z7lWDewnajL9b2.

Esta oficina pastoral aceitará um número máximo de 40 participantes.

O restante programa é da Festa Litúrgica dos Pastorinhos é de entrada livre.

PDF

HORÁRIOS

21 set 2019

Missa, na Capela da Morte de Jesus

  • 09h00
Missa

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 10h00
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.