13 de janeiro, 2023

2023-01-13peregrinacao2.jpg

“Nossa Senhora é exemplo de escuta e prática da Palavra de Deus”

Na homilia da Missa da primeira peregrinação de 2023, o reitor do Santuário de Fátima apresentou Maria como exemplo de fé, na escuta e prática da Palavra de Deus, e a Mensagem de Fátima como azimute desta bem-aventurança.

 

Na homilia da Missa da peregrinação deste 13 de janeiro, que evoca as aparições de Nossa Senhora na Cova da Iria, o reitor do Santuário de Fátima apresentou Maria como exemplo de fé, na escuta e prática da Palavra de Deus. Na celebração, que decorreu na Basílica da Santíssima Trindade, o padre Carlos Cabecinhas apresentou o acontecimento e a Mensagem de Fátima como exortação para esta bem-aventurança.

“Nas Suas aparições, em Fátima, a ‘Senhora mais brilhante que o Sol’ apresentou o Seu Coração Imaculado como ‘refúgio e caminho para Deus’”, começou por lembrar o presidente da celebração, estabelecendo um paralelo com o Evangelho proclamado, que também apresentou a Mãe de Deus como caminho que nos aproxima de Deus.

“Ela é a mulher crente, a mulher de fé por excelência, aquela que Isabel, no episódio da visitação, proclamou feliz, porque acreditou na Palavra de Deus, a mulher que escuta e guarda a Palavra de Deus. Uma fé que, depois, transborda e transfigura a Sua vida, em atitudes e escolhas. E é por este motivo que Jesus A proclama feliz e bem-aventurada (…), indicando-nos o caminho da felicidade na comunhão com Deus”, explicou o sacerdote.

“A bem-aventurança que Jesus proclama em relação a Maria é a bem-aventurança à Cruz com vida, que desafia a estarmos atentos e ‘familiarizados’ à Palavra de Deus e fizermos um esforço para vivermos de acordo com essa Palavra”, exortou, apontando esta comunhão com Deus como horizonte que conduz à felicidade humana, “mesmo nos sofrimentos da vida”.

No final, o padre Carlos Cabecinhas destacou o acontecimento e a Mensagem de Fátima como azimute desta bem-aventurança.

“Nas suas aparições, neste lugar, Maria vem exortar-nos a imitar esta Sua atitude de fé e a darmos lugar a Deus na nossa vida e a procurarmos viver de acordo com a Sua vontade, escutando a Sua Palavra e procurando levá-La à vida. Imitar o Seu exemplo e escutar as suas exortações, neste lugar, é caminho para Deus”, concluiu.

A celebração, que iniciou com procissão com a Imagem de Nossa Senhora desde a Capelinha das Aparições até à Basílica da Santíssima Trindade, terminou com o percurso inverso e a procissão do adeus, na qual os peregrinos acompanharam a Imagem processionalmente à Capelinha das Aparições.

 

PDF

HORÁRIOS

07 fev 2023

Missa, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

  • 07h30
Missa

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 12h00
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.