30 de maio, 2022

2022-05-30encontrobasilica2.jpg

“O Santuário como lugar para a experiência da ‘luz que é Deus’” é o tema do terceiro Encontro na Basílica de 2022

Palestra realiza-se no próximo domingo, às 15h30, e é apresentada pela Irmã Liliana Reis, religiosa da Aliança de Santa Maria.

 

No terceiro Encontro na Basílica deste ano pastoral, agendado para o próximo dia 5 de junho, às 15h30, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, a Irmã Liliana Reis, religiosa da Aliança de Santa Maria, vai olhar para “O Santuário como lugar para a experiência da ‘luz que é Deus’”.

“Sendo um lugar rememorativo, o santuário é uma mediação da presença divina: a envolvência dos espaços, as ações sacramentais e orantes permitem a cada peregrino encontrar-se com Deus, enquanto membro de uma comunidade. Por ser lugar de comunhão com Deus e com os irmãos, o santuário representa uma profecia do definitivo. Peregrinar a um santuário recorda-nos a nossa condição peregrina neste mundo e como apenas alcançaremos a plena identidade quando alcançarmos a meta para a qual caminhamos”, lê-se na sinopse da palestra.

A irmã Liliana Reis concluiu o mestrado integrado em Teologia pela Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa de Lisboa com a dissertação “Fazendo-nos ver a nós mesmos» - Uma análise antropológica da Mensagem de Fátima. Atualmente, integra a comunidade da Aliança de Santa Maria, residente em Guimarães, onde colabora na Paróquia de Nossa Senhora da Oliveira. Em setembro de 2022 fará os seus votos perpétuos.

A segunda parte do encontro oferecerá um recital que conjuga a música, pelo organista do Santuário de Fátima Davide Barros, com a poesia, declamada por Fausto Ferreira, cantautor autodidata, que tem contribuído pontualmente com algumas composições para cordofones tradicionais portugueses, realizadas no âmbito de atividades da Pastoral dos Jovens do Santuário de Fátima.

O programa, que tem por título “A vida de Maria”, conciliará excertos do ciclo de poemas homónimo de Rainer Maria Rilke, sobre música improvisada de Davide Barros e dois corais de Johann Sebastian Bach: “Nun Komm’ der Heiden Heiland”, BWV 659, e “Christ lag in Todesbanden”, BWV 625.

O evento tem entrada gratuita.

Em 2022 realizar-se-ão mais dois Encontros na Basílica: a 4 de setembro e a 6 de novembro.

PDF

HORÁRIOS

15 ago 2022

Missa, na Basílica da Santíssima Trindade

  • 15h00
Missa

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 16h00
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.