25 de fevereiro, 2024

2024-02-25missadomingo1.jpg

Proximidade e escuta, para “transformar e salvar o mundo”, pede D. José Traquina

Na Missa deste domingo, celebrada na Basílica da Santíssima Trindade, o bispo de Santarém exortou os peregrinos a viver o amor transformador de Cristo na atenção aos mais pobres e fragilizados.

Na homilia da Missa deste II Domingo da Quaresma, em que inicia a Semana Nacional da Cáritas, D. José Traquina exortou à proximidade e à escuta, através da atenção aos mais pobres e fragilizados, com vista ao “amor que transforma e salva o mundo”, que cada cristão “é chamado a viver e testemunhar”.

A partir do episódio da Transfiguração, relatado no Evangelho de hoje, o bispo de Santarém começou por apresentar a escuta, pela oração, na Eucaristia, como ação que transforma o mundo, localizando a origem da ação social da rede Cáritas no próprio “anúncio e acolhimento do Evangelho de Cristo”.

“Jesus identifica-se com todos os que necessitam de ajuda e convida-nos a pôr em prática o amor generoso”, lembrou D. José Traquina à assembleia reunida, esta manhã, na Basílica da Santíssima Trindade, ao afirmar a necessidade de “olhar e interpretar a realidade social com os olhos e o coração de Cristo”.

“O ‘amor Cáritas’ é o dinamismo espiritual que nos faz sair de nós mesmos e interessarmo-nos pelos nossos semelhantes. É Jesus quem nos instrui e anima, nesta preocupação de Deus pelas pessoas mais pobres e pelo mundo em que vivemos”, frisou o presidente da celebração.

O atual presidente da Comissão Episcopal da Pastoral Social e Mobilidade Humana destacou, por fim, a ação da rede Cáritas em 2023, no plano internacional, no apoio a populações afetadas por conflitos e calamidades, e no plano nacional, no apoio que beneficiou mais de 120 mil pessoas em situação de necessidade, na sua maioria derivada de situações de desemprego e de rendimento insuficiente.

O responsável anunciou, ainda, a publicação pelo Observatório da Cáritas Portuguesa de um estudo sobre a pobreza e exclusão social em Portugal, para uma “melhor e mais largo conhecimento das regiões relativamente aos migrantes.

A Semana Cáritas, que inicia hoje e se estende até ao próximo domingo, sob o tema “Cáritas, O Amor que Transforma”, procura evidenciar a ação da Cáritas no apoio direto a todas as pessoas que por alguma razão precisam de ajuda. Em todo o país, multiplicam-se atividades de reflexão sobre a ação social, atividades de animação pastoral e também iniciativas de angariação de fundos.

Na assembleia eucarística participaram o presidente da Cáritas Portuguesa e a presidente da Cáritas diocesana de Leiria-Fátima.

PDF

HORÁRIOS

16 abr 2024

Rosário, na Capelinha das Aparições, e procissão das velas, no Recinto de Oração

  • 21h30
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.