16 de junho, 2019

2019-06-16_Missa_Domingo_2.jpg

 

Bispo de Moçambique indicou a missão como resposta ao amor trinitário de Deus

D. Lúcio Andrice Muandula presidiu à Missa deste Domingo da Santíssima Trindade, no Recinto de Oração do Santuário, que concluiu a 53ª peregrinação dos Missionário da Boa Nova a Fátima

 

Na Missa deste domingo em que se celebra a Festa da Santíssima Trindade, D. Lúcio Andrice Muandula, bispo de Moçambique, exortou os peregrinos a responder ao amor da Trindade através da missão: “um amor que se dá por inteiro”.

“Esta Festa, mais do que nos convidar a meditar na realidade do Mistério que une as três Pessoas da Trindade, convida-nos à contemplação da realidade do amor que intercorre entre Elas”, começou por referir o prelado, ao sublinhar o horizonte de “amor infinito e eterno e a fonte inesgotável de vida” que Deus comunica “incessantemente” ao Homem, descrito no salmo deste domingo.

Ao comprovar este “diálogo trinitário feito de amor e ternura”, o bispo de Moçambique recordou dois episódios do Antigo Testamento – a desobediência de Adão e Eva e o sacrifício de Isaac, filho de Abrão – para lembrar a salvação oferecida por Deus ao Homem, no envio do Seu Filho ao mundo.

“Ao oferecer o Seu único Filho em sacrifício, é como se Deus Pai se curvasse todo, de joelhos, em oração, implorando a amizade do Homem, que Ele mesmo criou. O canto de amor infinito, que Deus canta ao Homem, espera a nossa resposta de amor sem limite, e Deus, através de Jesus, ensina-nos sobre o que devemos fazer para amá-Lo mais e sempre”, disse D. Lúcio Andrice Muandula, ao apontar a Missão como a reação ideal ao amor de Deus.

O bispo de Moçambique lembrou ainda a ocasião do atual ano missionário, convocado pelos bispos portugueses, que terá o seu auge em outubro próximo – mês missionário extraordinário, instituído pelo Papa Francisco para toda a Igreja –, para apelar à consciência dos peregrinos para a Missão.

“Esta é a reposta que Deus nos pede hoje e sempre… No Seu amor trinitário, ele espera de nós um amor que se dá por inteiro, que dá tudo pela salvação do Homem”, disse o prelado, exortando a uma vida dedicada à missão e tomando como exemplo prático a obra dos Missionários da boa Nova, que hoje concluíram a sua 53ª peregrinação dos Missionário da Boa Nova a Fátima.

D. Lúcio Andrice Muandula concluiu a homilia rezando uma Ave-Maria, pedindo a intercessão de Nossa Senhora para inspirar a humanidade nos caminhos da missão.

No Recinto de Oração fizeram-se anunciar grupos peregrinos provenientes de várias dioceses do país e de Espanha, Itália, Polónia, Holanda, Alemanha, Reino Unido, Irlanda, Estados Unidos da América e Coreia do Sul.

PDF

HORÁRIOS

18 jul 2019

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 18h30
Terço

Missa, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

  • 18h30
Missa
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.