26 de fevereiro, 2024

548a6539.jpg

Cerca de 70 guias-intérpretes estão reunidos na Cova da Iria para refletir sobre arte e religião

“Arte e fé: o encontro com Deus pela via da beleza” é o tema da ação de formação anual promovida pelo Santuário de Fátima

 

“Arte e fé: o encontro com Deus pela via da beleza” é o tema que une os guias-intérpretes na ação de formação anual promovida pelo Santuário de Fátima, através do Departamento de Acolhimento e Pastoral.

A 43.ª edição, conta com cerca de 70 guias-intérpretes e outros guias e agentes turísticos e pastorais para refletir sobre a estreita e antiquíssima relação entre arte e religião e sobre algumas concretizações artísticas que integram o património do Santuário.

Na sessão de abertura, o padre Carlos Cabecinhas, falou deste “grupo especial porque têm a responsabilidade de introduzir à vivencia deste lugar”.

O reitor do Santuário de Fátima falou do ano de 2023, que “ficou marcado pela recuperação do número de peregrinos e visitantes a Fátima”. O sacerdote falou da importância da Jornada Mundial da Juventude, e que “marcou profundamente o ano”, assim como os desenvolvimentos no processo de beatificação da Irmã Lúcia.

O padre Carlos Cabecinhas, enalteceu a “experiência do silêncio”, e recordou o ato da procissão do silêncio, ou do silêncio vivido durante as visitas dos Papas a Fátima.

O reitor do Santuário de Fátima, deixou claro que os objetivos definidos para o ciclo pastoral que agora passam por destacar o papel e o lugar de Fátima como casa e escola de oração; intensificar a dilatação da mensagem e espiritualidade de Fátima para fora dos limites geográficos do Santuário nacional e internacionalmente; reafirmar a importância do silêncio contemplativo e orante, valorizando o Santuário como lugar propício para a sua vivência; Propor Fátima como lugar de encontro e casa de todos – À luz das Palavras do Papa na Capelinha das Aparições, interpretando-a como imagem da Igreja, aberta a todos, com a proposta de apresentar Fátima como lugar de encontro e casa de todos; Aclarar no Povo de Deus a consciência de peregrino-missionário,  medida que se aproxima da celebração do Ano Santo, as atividades procurarão aprofundar a consciência de que ser cristão é ser peregrino-missionário; reconhecer e oferecer Fátima como luz sobre as desesperanças da humanidade; promover Fátima como acontecimento, mensagem e lugar materno da esperança; aprofundar a leitura e a difusão do carisma da Ir. Lúcia de Jesus, profeta de esperança – tendo em conta que, no presente ano, a Igreja publicou o Decreto da heroicidade das virtudes da irmã Lúcia, o Santuário pretende dar especial atenção a este objetivo; convocar à vivência do Ano Santo em Fátima e a partir de Fátima, em união com toda a Igreja.

“Acreditamos que, com este biénio pastoral, ajudaremos à vivência do Ano Santo em Fátima e a partir de Fátima, em união com toda a Igreja”, disse o sacerdote, dizendo ainda que neste ano pastoral, a oração enquanto encontro com Deus, será a temática primordial.

“Chamados ao encontro” é a formulação deste tema, que o Papa Francisco propõe para o ano de preparação para o Ano Santo de 2025, e “porque a oração é central na mensagem de Fátima e um dos seus traços mais característicos, lemos o tema do ano à luz da exortação angélica: “Orai comigo””.

Para a vivência deste ano pastoral, o Santuário de Fátima preparou o cartaz e outros suportes gráficos que recordarão, ao longo do ano, o tema que guia a vida do Santuário, vai disponibilizar as habituais catequeses nas alamedas do Recinto de Oração e um itinerário orante para a vista ao Santuário, vai ser disponibilizado um programa de atividades em formato digital.

Os “Encontros na Basílica”, continuarão a integrar a agenda do Santuário com momentos de reflexão e de fruição musical, o Curso de Verão para investigadores acontecerá em julho. O Santuário mariano irá ainda disponibilizar uma série de propostas variadas de formação e vivência espiritual, na Escola do Santuário. A nível cultural foi preparado um programa musical vasto.

O programa de dois dias foi desenhado a partir do tema da ação pastoral definida para este ano – “Chamados ao Encontro” – levando à reflexão sobre o lugar e o papel da “beleza” como via para esse encontro.

O primeiro dia do encontro teve lugar em Fátima. O segundo dia prevê uma deslocação a Lamego com visita a vários espaços religiosos.

PDF

HORÁRIOS

16 abr 2024

Missa, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

  • 18h30
Missa

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 18h30
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.