19 de outubro, 2019

119A4673 (1).jpg

 

Colóquio debate devoção ao Coração de Jesus

Iniciativa assinala os 175 anos do Apostolado de Oração e conta com a co-organização do Santuário de Fátima

 

Realiza-se hoje em Fátima o colóquio sobre o Coração de Jesus “Apóstolos do Coração”, comemorativo do 175º aniversário do Apostolado de Oração – agora Rede Mundial de Oração do Papa- e, na sessão de abertura, o reitor do Santuário sublinhou a “profunda sintonia” entre os princípios que guiam e animam o Apostolado da Oração e a mensagem de Fátima.

“O Santuário de Fátima associa-se a esta comemoração, não por motivos circunstanciais – porque o Colóquio tem lugar nos nossos espaços e a peregrinação é a Fátima –, mas por razões bem mais significativas: pela profunda sintonia entre os princípios que guiam e animam o Apostolado da Oração e a mensagem de Fátima”, afirmou o reitor.

O Pe. Carlos Cabecinhas lembrou que a devoção ao Sagrado Coração de Jesus, que, em Fátima, “é inseparável” da devoção ao Imaculado Coração de Maria, a centralidade da oração e a união ao Papa, três aspetos fundamentais da mensagem de Fátima, explicam a relação entre o Santuário e o Apostolado de Oração e, sobretudo, a co-organização do Colóquio desenvolvido no âmbito da celebração dos 175 anos desta Obra Pontifícia.

O Pe. Carlos Cabecinhas começou por assinalar as referências ao Coração de Jesus e ao Coração de Maria, logo nas aparições do Anjo, em 1916, facto que nos ajuda a compreender o espaço físico do Santuário.

“É a estátua do Coração de Jesus que ocupa o centro geográfico do Santuário de Fátima, junto da Capelinha das Aparições, porque o Coração da Mãe conduz-nos sempre ao seu Filho, Jesus”, disse o reitor.

Por outro lado, há uma ligação estreita à centralidade da oração.

“Esse é o primeiro pedido de Nossa Senhora aos Pastorinhos e o pedido mais vezes repetido, nas várias aparições: rezar e, de modo especial, rezar o terço todos os dias. Aliás, já no ano anterior (1916), o Anjo exortara os Pastorinhos, na segunda aparição a rezar: “Que fazeis? Orai! Orai muito”. E na vida dos Pastorinhos, depois das aparições, fica-nos o exemplo da oração assumida como elemento que ritma o dia a dia” lembrou o responsável pelo Santuário de Fátima.

Um terceiro elemento de “especial sintonia”, salientou ainda, é a união ao Papa.

“Também os peregrinos de Fátima rezam diariamente pelo Papa, o `bispo vestido de branco´, e pelas suas intenções. Esta ligação ao Papa é elemento constitutivo da própria mensagem de Fátima e sublinha a sua dimensão eclesial”, concluiu.

O reitor referiu-se ainda ao facto do Santuário e do Apostolado de Oração terem tido algumas parcerias ao longo destes anos, desde logo por ocasião da celebração do Centenário das Aparições, em 2016, na organização conjunta do Congresso Eucarístico Nacional; em 2017, a revista do Mensageiro do Coração de Jesus publicou um conjunto de artigos sobre Fátima – as palavras-chave para compreender e conhecer Fátima e a aplicação “Passo-a-Rezar” que disponibilizou um conjunto de meditações de temática mariana e fatimita.

Esta profunda ligação entre a mensagem de Fátima e a temática do colóquio foi também sublinhada pelo bispo de Bragança-Miranda, D. José Cordeiro.

“O coração é o lugar da verdade, do encontro, do símbolo e do amor gratuito. Viver segundo o coração é rezar e no centro da oração está a Eucaristia, sacramento dos sacramentos” afirmou o presidente da Comissão Episcopal de Liturgia.

“Peregrinamos uma vez mais ao Santuário de Fátima e sentimo-nos hospedados pela Virgem Maria que nos apresenta, aqui, o rosto de Jesus Cristo” frisou ainda desafiando os mais de 600 participantes neste colóquio a aprenderem com Maria a serem “discípulos missionários sem condições”.

Também o responsável pelo Apostolado de Oração, Pe. António Valério, se referiu à importância da oração na vida cristã e agradeceu aos “milhões de pessoas” que continuam “a oferecer a sua oração pelo Papa e pelas suas intenções”.

O colóquio “Apóstolos do Coração” decorre este sábado no Centro Pastoral de Paulo VI, em Fátima e abordará temas como as Raízes Bíblicas da devoção ao Coração de Jesus; Os corações de Jesus e Maria na Mensagem de Fátima; Portugal e o Coração de Jesus e a Atualidade da espiritualidade do Coração de Jesus.

Este colóquio precede a peregrinação nacional do Apostolado de Oração que termina amanhã em Fátima com a participação na Eucaristia dominical, que será presidida pelo cardeal Patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, numa celebração que assinala também o encerramento do Ano Missionário Extraordinário, com uma consagração ao Sagrado Coração de Jesus.

.

PDF

HORÁRIOS

22 nov 2019

Missa, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

  • 07h30
Missa

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 12h00
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.