12 de setembro, 2019

3J3A8240.JPG

Santuário de Fátima associa-se às comemorações dos 175 anos do Apostolado da Oração

Colóquio sobre o Coração de Jesus acontece a 19 de outubro em Fátima

 

O Santuário de Fátima associa-se ao evento comemorativo dos 175 anos do Apostolado da Oração (A.O.), que integra a realização de um Colóquio sobre o Coração de Jesus e a Peregrinação Nacional do A.O. a Fátima. Esta iniciativa é uma organização conjunta da Conferência Episcopal Portuguesa, da Rede Mundial de Oração do Papa – Portugal, e do Santuário de Fátima.

O Pe. Carlos Cabecinhas, reitor do Santuário de Fátima, em declarações à Sala de Imprensa, felicita o Apostolado da Oração pelo aniversário e faz votos que “continue por muitos anos o seu frutuoso apostolado”.

O sacerdote considera que o “Santuário de Fátima não pode deixar de se associar a tão significativa data, que terá como momentos mais importantes a realização de um Colóquio sobre o Sagrado Coração de Jesus e a peregrinação nacional do Apostolado da Oração ao Santuário de Fátima”.

“Associamo-nos a esta comemoração, não por motivos circunstanciais, mas por razões mais profundas, como a profunda sintonia entre os princípios que guiam o Apostolado da Oração e a mensagem de Fátima”, e destaca 3 elementos desta ligação: “a devoção ao Sagrado Coração de Jesus e recordo que é a estátua do Coração de Jesus que ocupa o centro geográfico do Santuário de Fátima, a oração e a união ao Papa”.

Assim, “esta tríplice sintonia faz que o Santuário de Fátima não possa ficar indiferente a esta data festiva e se associe à comemoração”.

O Colóquio sobre o Coração de Jesus é aberto ao público em geral, mas destina-se de modo particular aos membros do Apostolado da Oração, a sacerdotes, diáconos, seminaristas e agentes pastorais, às congregações religiosas e Institutos de vida consagrada que vivem a espiritualidade do Coração de Jesus, a todos os interessados em conhecer e aprofundar a espiritualidade do Coração de Jesus, às congregações religiosas ad gentes e movimentos apostólicos a elas associados, a todas as dioceses empenhadas na dinamização do Ano Missionário convocado pela Conferência Episcopal Portuguesa. 

Esta iniciativa tem início marcado para as 10h00, com o acolhimento aos participantes. O primeiro tema será apresentado por D. José Ornelas, bispo de Setúbal, que falará das Raízes Bíblicas da devoção ao Coração de Jesus, pelas 11h15.

Pelas 15h00 o Pe. Carlos Cabecinhas, reitor do Santuário de Fátima, apresentará Os corações de Jesus e Maria na Mensagem de Fátima.

O dia termina com uma vigília de oração na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima.

No dia 20 de outubro Apostolado da Oração fará a sua peregrinação nacional ao Santuário de Fátima.

A Conferência Episcopal Portuguesa congratula-se com a celebração desta data, em união com todos os membros do Apostolado da Oração e com todos quantos, nas suas várias formas de pertença, participam nesta Rede Mundial de Oração.

D. Manuel Clemente, Cardeal-Patriarca de Lisboa e Presidente da Conferência Episcopal Portuguesa, numa nota enviada à Sala de Imprensa do Santuário de Fátima afirma que “na Bíblia, «coração» é o que temos de mais íntimo, sensível e profundo, é aí mesmo onde sentimos e reagimos. Em Deus, o coração é misericórdia, amor ao que é pequeno e frágil, cuidado de todos e no Evangelho, Jesus diz-nos para aprendermos com ele a ter um coração manso e humilde. O Papa lembra-o constantemente, porque a humanidade precisa de se redescobrir nesses termos. Em Fátima, lugar tão especial dos «corações» de Jesus e Maria, um colóquio sobre o Coração de Jesus tem hoje a maior oportunidade”.

A Conferência Episcopal Portuguesa tem consciência da grande importância desta Obra Pontifícia, não apenas ao longo da sua história no nosso país, desde a sua chegada em 1864, mas também na atualidade. Destacamos, com gratidão, a entrega generosa dos seus membros ao longo deste tempo, através da promoção da espiritualidade do Sagrado Coração de Jesus, da devoção e culto eucarísticos, da animação da vida de oração nas comunidades, do cuidado dos templos e de tantos modos de ajuda discreta e fiel no serviço das próprias paróquias.

“O Colóquio sobe o Coração de Jesus e a peregrinação nacional comemorativa dos 175 anos de fundação do Apostolado da Oração dos dias 19 e 20 de outubro são, para o Secretariado Nacional do Apostolado da Oração (Rede Mundial de Oração do Papa em Portugal), o ponto alto deste aniversário”, salienta o Pe. António Valério, diretor da Rede Mundial de Oração pelo Papa em Portugal.

“A colaboração com a Conferência Episcopal Portuguesa e o Santuário de Fátima na organização destes eventos, recorda e celebra uma longa história e missão na Igreja em Portugal, que continua a caraterizar uma parte significativa da espiritualidade popular nas paróquias, presente na devoção ao Sagrado Coração de Jesus e à oração pelas intenções do Santo Padre”, acrescenta o sacerdote, afirmando ainda que espera “que este seja um momento favorável para um renovado entusiasmo pela missão desta Obra Pontifícia, atenta à mobilização pela Oração de todos os cristãos em favor dos grandes desafios do mundo de hoje e da missão da Igreja”.

O Apostolado da Oração nasceu em 1844, numa casa de formação de jesuítas, em Vals, no sul de França. O diretor espiritual destes jovens, o pe. Francisco Xavier Gautrelet, sj, animou-os a oferecer diariamente as orações, os trabalhos, as alegrias e as dificuldades do seu dia pela vida e missão dos missionários que, em terras longínquas, anunciavam o Evangelho.

Nos anos 1879-1896, o Papa Leão XIII quis fazer sua esta imensa Rede de Oração, propondo, aquando da aprovação dos seus Estatutos, uma intenção mensal de oração pela qual os seus membros rezassem. Deste modo, o Apostolado da Oração tornou-se uma obra própria do Papa, confiando o Sumo Pontífice a sua dinamização à Companhia de Jesus, na pessoa do seu Padre Geral.

Passados 175 anos da sua fundação, o Papa Francisco aprovou os novos Estatutos do Apostolado da Oração constituindo-o como Obra Pontifícia, chamada hoje Rede Mundial de Oração do Papa. Com esta aprovação, o Santo Padre assumiu, de forma ainda mais explícita, a importância deste serviço para a vida e a missão da Igreja, intimamente unido ao ministério do sucessor do apóstolo Pedro.

A Rede Mundial de Oração do Papa, destaca-se hoje também por um exemplo de adaptação de propostas e linguagens à cultura atual, tornando-a mais acessível às novas gerações através dos projetos digitais “Passo-a-Rezar”, “Click To Pray” e “O Vídeo do Papa”, estes últimos promovidos pela Rede Mundial de Oração do Papa a nível internacional.

Mais informações em www.175anosao.com

PDF

HORÁRIOS

21 set 2019

Missa, na Capela da Morte de Jesus

  • 09h00
Missa

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 10h00
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.