09 de junho, 2022

119a7552.jpg

Crianças participam em momento de adoração eucarística na Basílica da Santíssima Trindade

Peregrinação das crianças arranca esta sexta-feira com um bailado de 82 bailarinos, inspirado no tema da peregrinação “Gostei muito de ver Nosso Senhor”

 

Cerca de duas centenas de crianças participaram esta noite na Vigília de Oração na Basílica da Santíssima Trindade, em Fátima.

O primeiro momento de oração que precede o inicio da Peregrinação das Crianças, que regressa este ano ao formato habitual depois de dois anos de pandemia, destinou-se particularmente aos grupos que chegaram de véspera a Fátima.

Durante cerca de 40 minutos os jovens peregrinos participaram num momento de adoração eucarística, que tomou por tema a frase de São Francisco Marto, «Gostei muito de ver Nosso Senhor», incidindo sobre a experiência do encontro íntimo, pessoal e transformador com Cristo. Este é, aliás, o tema da Peregrinação das Crianças que esta sexta-feira decorrerá no Recinto de Oração da Cova da Iria.

154a7861.jpg

A Peregrinação começa às 9h30 com uma encenação feita pela Academia de Dança Annarella, seguindo-se a oração do terço na capelinha e a Missa no Recinto, presidida pelo bispo de Leiria-Fátima, D. José Ornelas Carvalho.

A expressão cultural e artística que concretiza o tema da peregrinação através da arte assume este ano a forma de um bailado, realizado pelo Conservatório Internacional de Ballet e Dança Annarella Sanchez.

O Conservatório Annarella Sanchez, sediado em Leiria, existe desde 2015, conta com cerca de 100 alunos, um corpo docente de professores internacionais e uma oferta formativa no âmbito do ensino artístico especializado, de nível básico e secundário, visando o desenvolvimento da sensibilidade estética, o conhecimento histórico na área da dança e uma aprendizagem e experimentação criativa e coreográfica.

O bailado concebido para a Peregrinação das Crianças 2022 em torno do tema «Gostei muito de ver Nosso Senhor», interpretado por um conjunto de 82 bailarinos entre os 8 e os 18 anos, desenvolve-se em diversos quadros, ora paralelos, ora dialogantes, alternando a linguagem clássica com a contemporânea, de modo a tornar a narrativa e a mensagem que Fátima propõe próxima dos adolescentes e jovens do séc. XXI. Lúcia, Francisco e Jacinta, iconicamente caracterizados, pontuam estes quadros, aparecendo como figuras muito simples e pequenas no meio dos movimentos da História. O momento central, que marca a charneira da narrativa, é o quadro da aparição da Virgem Maria a Lúcia, Francisco e Jacinta, encontro durante o qual Maria lhes comunica a luz intensa na qual eles «se veem a si mesmos em Deus, que é essa luz» (cf. Irmã Lúcia, Quarta Memória) e no qual Francisco afirma «ver Nosso Senhor».

Este momento irrompe em alegria e esperança sobre o futuro da História, da qual Lúcia, Francisco e Jacinta são pequenos protagonistas, candeias a irradiar a luz do amor transformador de Deus.

O espectáculo terá repetição na Basílica da Santíssima Trindade às 15h00.

PDF

HORÁRIOS

12 ago 2022

Missa, em alemão, na Capelinha das Aparições

  • 07h30
Missa

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 18h30
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.