11 de junho, 2024

d0254052.jpg

D. Antonino Eugénio Fernandes Dias preside à Peregrinação Internacional Aniversária de junho

Peregrinação evoca a segunda aparição de Nossa Senhora aos Três Pastorinhos.

 

O bispo da Diocese de Portalegre-Castelo Branco, D. Antonino Eugénio Fernandes Dias, vai presidir à Peregrinação Internacional Aniversária de junho que evoca a segunda aparição de Nossa Senhora aos Três Pastorinhos.

D. Antonino Eugénio Fernandes Dias é natural da freguesia de Longos Vales, concelho de Monção. Estudou Humanidades, Filosofia e Teologia nos Seminários de Braga, onde foi ordenado a 13 de junho de 1974. A 25 de Janeiro de 1975, tomou posse da Paróquia de Santa Marta de Portuzelo, em Viana do Castelo. Em 1983, foi nomeado vice-reitor, nas funções de reitor, do Seminário de S. Teotónio, em Monção. A 10 de Abril de 1984, o Santo Padre nomeou-o seu capelão com o título de Monsenhor. D. Antonino Dias foi ordenado bispo a 21 de janeiro de 2000 na Igreja de S. Domingos, Viana do Castelo. Eleito bispo de Portalegre – Castelo Branco, por sua Santidade o Papa Bento de XVI em 8 de setembro de 2008. Em 12 de Outubro de 2008 tomou posse solenemente na Diocese de Portalegre – Castelo Branco.

A 26 de maio deste ano, o prelado esteve em Fátima por ocasião da 42.ª peregrinação a Fátima da Diocese de Portalegre-Castelo Branco e referiu como principal razão de peregrinar à Cova da Iria “pedir à 'Senhora do Sim' que a todos, sobretudo aos jovens, ajude a ler a vida à luz de Deus, pois cada vida é uma vocação que brota do coração de Deus e que reclama atenção e responsável discernimento".

"Quando aceitamos a diversidade e o pluralismo entre os seres humanos, confessamos na prática a distinção trinitária das pessoas. Quando eliminamos as distâncias e trabalhamos para realizar a igualdade efetiva entre homem e mulher, entre felizardos e desventurados, entre próximos e afastados, afirmamos, na prática, a igualdade das pessoas na Trindade. Quando nos esforçamos por ter um só coração e uma só alma, e por aprender a pôr tudo em comum, para que ninguém tenha de sofrer a indigência, estamos a confessar o único Deus e aceitamos em nós a Sua vida trinitária”, indicou o bispo de Portalegre - Castelo Branco, ao salientar que cada cristão é “templo da Santíssima Trindade”, convocado a “participar na vida que existe em Deus” pelo amor ao próximo.

Em 2023, D. Antonino Dias afirmou que “Fátima dá-nos tranquilidade, mas não só: Fátima apela ao recolhimento, à ternura, ao silêncio, à conversão, à alegria interior, à paz, à paz do coração e no mundo, como consequência desta paz de Jesus em nós”, sublinhou, apontando a “falta de paz interior” como “origem do pecado”.

“O Santuário, como altar do mundo, é um exemplo do acolhimento de uma enorme comunidade oriunda de várias latitudes que sabe conviver aqui debaixo do olhar da mãe que nos conduz para o filho”, disse ainda.

 

PROGRAMA

Dia 12

07:30 Missa, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

07:30 Missa em alemão, na Capelinha das Aparições

08:30 Missa em inglês, na Capelinha das Aparições

09:00 Missa, na Capela da Morte de Jesus

09:30 Missa em francês, na Capelinha das Aparições

10:30 Missa em espanhol, na Capelinha das Aparições

11:00 Missa, na Basílica da Santíssima Trindade

11:30 Missa em italiano, na Capelinha das Aparições

12:30 Missa em polaco, na Capelinha das Aparições

12:30 Missa, na Capela da Morte de Jesus

15:00 Missa, na Capela da Morte de Jesus

16:30 Missa, na Basílica da Santíssima Trindade

17:30 Procissão Eucarística, desde a Basílica da Santíssima Trindade até ao Altar do Recinto de Oração

18:30 Missa, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

18:30 Rosário, na Capelinha das Aparições

21:30 O Presidente dá início à celebração da noite com a Bênção solene das velas e o Rosário, na Capelinha das Aparições, seguindo-se a Procissão das Velas

22:30 Celebração da Palavra, no Recinto de Oração

23:00 Procissão do silêncio

 

Dia 13

Vigília de Oração

00:00 Adoração Eucarística, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

01:00 Veneração dos Santos Francisco e Jacinta Marto, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

02:00 Via-Sacra, no Recinto

03:30 Celebração Mariana, na Capelinha

04:30 Missa, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

05:30 Adoração Eucarística, com Laudes do Santíssimo Sacramento, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

07:00 Procissão Eucarística, no Recinto de Oração

09:00 Rosário, na Capelinha das Aparições

10:00 Procissão, para o Altar do Recinto; Missa; Bênção dos Doentes; Palavra do Bispo Diocesano; Procissão do Adeus, no Altar do Recinto de Oração

15:00 Missa, na Capela da Morte de Jesus

16:30 Missa, na Capela da Morte de Jesus

18:00 Veneração dos Santos Francisco e Jacinta Marto, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

18:30 Missa, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

18:30 Rosário, na Capelinha das Aparições

21:30 Rosário, na Capelinha das Aparições

 

Horários úteis

Lava-pés: a partir das 09:00 de dia 11

Posto de Socorros: a partir das 09:00 de dia 11

Admissão de doentes: a partir das 09:00 de dia 12

Sacramento da Reconciliação, na Capela da Reconciliação:

Dia 12: das 07:30 às 19:30 e das 20:30 às 22:30

Dia 13: das 07:00 às 19:30

PDF

HORÁRIOS

26 jun 2024

Missa, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

  • 07h30
Missa

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 12h00
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.