02 de agosto, 2023

2023-08-02chegadapapa9b.jpg

D. José Ornelas manifesta comunhão e adesão da Igreja em Portugal ao serviço e magistério do Papa Francisco

Agradeceu presença do Sumo Pontífice na JMJ, “festa da Igreja, sempre renovada e jovem”.

O presidente da Conferência Episcopal Portuguesa, D. José Ornelas, saudou hoje o Papa Francisco na celebração de Vésperas, ocasião para toda a Igreja em Portugal “manifestar a própria comunhão e adesão ao serviço e magistério” que o Sumo Pontífice “vem desenvolvendo na Igreja e projetando para toda a sociedade”.

Na saudação ao Papa antes da celebração de Vésperas no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, que congregou bispos, presbíteros, diáconos, pessoas consagradas e leigos, o bispo de Leiria-Fátima deu-lhe as boas-vindas “com profunda alegria”, em nome da Igreja e da multidão que acompanha a viagem através dos meios de Comunicação Social.

“Obrigado, Santo Padre, pela sua presença nesta Jornada Mundial da Juventude,  a festa da Igreja, sempre renovada e jovem, que este ano tem lugar em Lisboa. Esta tarde, rezamos consigo para que esta convergência de jovens, marcada pelo encontro com Cristo, os leve a entender e sonhar o sonho de Deus e a encontrar caminhos de participação alegre, generosa e transformadora, na Igreja e em toda a humanidade”, acentuou.

D. José Ornelas afirmou que a Igreja em Portugal sente-se mobilizada pelo apelo do Papa a “uma Igreja em saída, que ofereça a todos os excluídos do mundo – com especial atenção ao drama dos refugiados – sinais evangélicos de presença, de atenção e de cuidado”, a começar pelo cuidado da terra, casa comum da humanidade. 

“Continua a solicitar também a nossa atenção particular a defesa do bem das crianças e o compromisso de defendê-las de toda a espécie de abusos”, sublinhou presidente da Conferência Episcopal e bispo de Leiria-Fátima.

“Vemos tudo isso, Santo Padre, na sua convocação da Igreja para um caminho sinodal, que estamos a percorrer em sintonia com toda a Igreja. Estamos empenhados no caminho de transformação pastoral, guiados pelo Espírito do Senhor, na comunhão fraterna, na participação ativa e na saída missionária das nossas comunidades”, acrescentou.

“A oração hoje fazemos consigo, Santo Padre, continuará no nosso coração. Pediremos sempre ao Senhor, sob a inspiração de Maria, Mãe de Jesus e Mãe da Igreja, que continue a dar-lhe saúde, a luz e a alegria do seu espírito, para o serviço que lhe confiou na Igreja e no mundo”, referiu ainda.

“Todos pedimos a bênção de Deus para si, a fim de que possa continuar a abençoar-nos em nome d’Ele e a ser uma bênção para o nosso mundo. Bem-haja, Santo Padre, no coração do Senhor Jesus! “, concluiu.

A celebração de Vésperas é o último ato oficial do primeiro dia da visita do Papa Francisco a Portugal e que incluiu encontros com o presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, com o primeiro-ministro, António Costa, e com as autoridades, sociedade civil e Corpo Diplomático, no Centro Cultural de Belém.

 

FOTOS: © Lusa | João Relvas e Manuel de Almeida

PDF

HORÁRIOS

23 jul 2024

Missa, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

  • 07h30
Missa

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 12h00
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.