28 de fevereiro, 2020

AF_BANNER-Encontros-na-Basilica-II.jpg

Encontros na Basílica desafiam peregrinos a refletir sobre a vida de Jacinta Marto

Segundo de cinco Encontros realiza-se no dia 08 de março, pelas 15h30, com entrada livre

 

A Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima vai acolher no dia 08 de março o segundo da série de cinco Encontros na Basílica.  Este momento formativo terá como tema «Jacinta Marto, uma entrega até ao fim», e será conduzido pela Ir. Ana Luísa Castro, religiosa da Aliança de Santa Maria

A conferência é aberta a todos os peregrinos em geral, e tem início pelas 15h30. Após a conferência haverá um recital pelo Coro Autêntico – Coro de Câmara da ESART, com direção de Gonçalo Lourenço.

Em declarações à Sala de Imprensa do Santuário de Fátima, a religiosa da Aliança de Santa Maria irá falar da pequena Jacinta Marto enquanto “menina que gostava de bailar e aprendeu com o Imaculado Coração de Maria a dançar uma nova melodia, a da vontade de Deus”.

“Jacinta faz o difícil - a renuncia, o sacrifício - com uma leveza de movimentos que chega a parecer simples, porque entregara verdadeiramente o coração a Deus”, considera a Ir. Ana Luísa, lembrando que a sua vida poderia descrever-se “como a dança de um coração compassivo, bela pela simplicidade e ternura de criança e, simultaneamente, pela intensidade da sua entrega por todos os feridos deste mundo”.

A pastorinha mesmo “fragilizada pela doença não se deixa dominar pelo medo ou pela autocomiseração, mas olha de frente o mistério do mal e do sofrimento”, porque “aquele lume no peito, na verdade, já está em cada batizado, mas é preciso que desencadeie uma revolução interior que conduza a Deus e aos irmãos ao jeito de Santa Jacinta”.

Ir. Ana Luísa Castro, religiosa da Congregação Aliança de Santa Maria, é médica de formação e atualmente Coordenadora do Posto de Socorros do Santuário de Fátima. Para além da formação médica tem a Licenciatura em Ciências Religiosas pela Universidade Católica Portuguesa. No âmbito da Mensagem de Fátima tem feito diversos trabalhos catequéticos com crianças, jovens e adultos, enquadrados no carisma da Congregação – “nova evangelização através do Coração Imaculado de Maria, com o rosto da Mensagem de Fátima” – colaborando, também com algumas iniciativas do Santuário de Fátima como a devoção dos Primeiros Sábados, o Simpósio Teológico-Pastoral em 2019, entre outras. Atualmente encontra-se também a fazer o mestrado em Discernimento e Acompanhamento espiritual na Escola de Formadores de Salamanca.

O Coro Autêntico (2016) é formado por alunos da ESART (Escola Superior de Artes Aplicadas de Castelo Branco), selecionados no universo dos alunos da escola (instrumento, formação musical, canto e música eletrónica) que responderam ao desafio AUTÊNTICO e apostaram na sua participação e génese do que na realidade é, o Coro de Camara da ESART.

Gonçalo Lourenço é bacharel em Composição pela Escola Superior de Música de Lisboa, em 2005, onde trabalhou com Christopher Bochmann. Mestre em Direção Coral pelo College Conservatory of Music, em Cincinnatti nos EUA, em 2011, onde trabalhou com os Professores Brad Scott, Elmer Thomas e Earl Rivers. Na Universidade de Cincinnati, trabalhou, enquanto “Minor de Direcção de Orquestra”, com o Maestro Mark Gibson. Doutorado, em Direção Coral na Universidade de Indiana, em 2016, onde trabalhou com os professores Robert Porco, Carmen Téllez, Willliam Gray e Sven-David Sandstrom.

Desde 2018, o Santuário tem realizado, nesta Basílica cinco encontros anuais de reflexão sobre Fátima em formato de palestra com um recital de música. As cinco conferências dos Encontros na Basílica neste ano em que o Santuário convida os peregrinos a Dar Graças por Viver em Deus, irão apresentar Fátima como chamamento à vida em Deus, abordando temáticas como: a vocação batismal à santidade; a conversão como recentramento da vida em Deus e as dimensões de uma espiritualidade cristã à luz da mensagem de Fátima, numa edição que, no ano em que se assinala o centenário da morte de Santa Jacinta Marto, aprofundará o seu modelo de santidade e do seu irmão, São Francisco Marto.

O primeiro Encontro na Basílica aconteceu a 12 de janeiro, pela Ir. Sandra Bartolomeu. Seguem -se “Lúcia, uma vida plena de Luz” pela Irmã Ângela Coelho, vice-postuladora da Causa de Canonização da Irmã Lúcia, a 7 de junho; “Fátima: histórias de santidade” por Marco Daniel Duarte a 6 de setembro e “Fátima, escola de santidade” pelo Pe. Joaquim Teixeira, sacerdote Carmelita, a 8 de novembro.

PDF

HORÁRIOS

02 jun 2020

Missa, na Capelinha das Aparições

  • 12h30
Missa

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 14h00
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.