13 de abril, 2016

2016-04-13_PeregrinacaoAbril.jpg

 

Nossa Senhora é “o exemplo da fé” que pode transformar as nossas vidas 

Reitor presidiu à peregrinação mensal de abril no Santuário de Fátima 

 

O Reitor do Santuário de Fátima, Pe. Carlos Cabecinhas, disse esta manhã na homília da missa da peregrinação mensal de abril no Santuário, celebrada na Basílica da Santíssima Trindade,  que “só a fé pode abrir os nossos olhos para esta realidade nova, capaz de transformar as nossas vidas”, que é a a experiência de Cristo ressuscitado.

E Nossa Senhora “é exemplo dessa fé e do acolhimento de Jesus Cristo vivo” porque Ela ”concebeu o Filho acreditando” e “acreditando esperou a ressurreição”, prosseguiu.  Por isso, Ela aparece-nos como o “exemplo da fé na ressurreição de Cristo”, referiu.

Depois de saudar os peregrinos presentes, nas várias línguas, e a partir do Evangelho, que neste tempo pascal se centra na ressurreição de Jesus, o responsável pelo Santuário de Fátima, sublinhou a importância do “encontro com Cristo ressuscitado” referindo que é essa experiência “que faz de nós cristãos. E Maria, também neste aspeto, é um modelo para nós”.

“A Jesus não o podemos ver, hoje, como o viram aqueles que com Ele viveram durante a sua vida na Palestina. A presença do Ressuscitado é invisível aos olhos, mas a fé percebe os sinais da sua presença” adiantou identificando as várias formas em que Ele se pode tornar presente: na palavra, na Eucaristia e nos acontecimentos que nos rodeiam. E, deixou um desafio: “aqueles que encontram Cristo ressuscitado não podem deixar de o anunciar”.

O sacerdote falou ainda do testemunho dos Pastorinhos.

“Os pastorinhos fazem a experiência do encontro com Cristo vivo e ressuscitado através da luz pascal que lhes é transmitida pelo Anjo da Paz, depois por Nossa Senhora. E a alegria é tao grande que os impele a dar a conhecer o acontecido”, tal como todo o Cristão que deve estar comprometido com o anuncio dessa experiência.

O Reitor do Santuário destacou, ainda, que este “anúncio torna Fátima num acontecimento eclesial de difusão mundial.”

Pe. Carlos Cabecinhas conclui pedindo a Nossa Senhora que “nos ajude a fazer experiência da alegria expansiva que vem da presença de Cristo vivo nas nossas vidas, como os Pastorinhos, para, como eles, sermos anunciadores.”

Nesta peregrinação mensal estiveram presentes cerca de 1500 peregrinos, entre eles, cinco grupos: um grupo da diocese de Leiria-Fátima, um grupo do Brasil, dois grupos de França, e um grupo da República Checa.

 

PDF

HORÁRIOS

22 out 2021

Missa, na Basílica da Santíssima Trindade

  • 07h30
Missa

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 12h00
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.