14 de janeiro, 2024

2024-01-14missadomingo2.jpg

“O encontro com Jesus, se é autêntico, conduz sempre ao testemunho”

Na homilia da Missa deste II Domingo do Tempo Comum, o reitor do Santuário de Fátima exortou os peregrinos a se deixar “transformar e converter em testemunhas de Deus, a partir da experiência do encontro com Cristo”.

 

Na homilia da Missa deste domingo, o reitor do Santuário de Fátima destacou a “experiência pessoal do encontro com Deus”, que impele ao testemunho e ao anúncio, como essência da vida cristã. O padre Carlos Cabecinhas apresentou a oração, a escuta da Palavra de Deus e a celebração comum da fé como oportunidades de concretização deste encontro e apontou para a vida dos Pastorinhos de Fátima como exemplo desta dinâmica transformadora de descoberta.

A partir da Palavra proclamada, o presidente da celebração começou por constatar que a “intervenção daqueles que nos conduzem até Deus não substituiu a experiência pessoal do fundamental encontro com Deus”, que “transforma a vida”.

“Se somos cristãos é porque, em algum momento, alguém nos falou de Jesus Cristo, alguém nos conduziu até Ele. […] Porém, não se é cristão porque se ouviu falar de Jesus Cristo e até se sabe muito a seu respeito. Ser cristão significa ter sido tocado por Jesus Cristo, significa ser seguidor de Cristo, o que implica necessariamente o encontro com Ele”, afirmou o sacerdote, ao enumerar práticas que concretizam o “grande desafio” que significa a procura desse mesmo encontro: “a oração, a escuta da Palavra de Deus e a celebração comum da fé”.

“O Evangelho é muito explícito ao mostrar que quem encontra Jesus e experimenta a comunhão com Ele, não pode deixar de se tornar seu anunciador. O encontro com Jesus, se é autêntico, conduz sempre ao testemunho, ao anúncio”, reforçou o padre Carlos Cabecinhas, apresentando a vida dos Pastorinhos de Fátima como exemplo desta dinâmica transformadora de descoberta.

“A experiência de encontro com Deus dos Pastorinhos de Fátima foi de tal forma marcante, que tornaram, também eles, anunciadores da necessidade desse encontro pessoal com Deus, testemunhas da centralidade de Deus nas suas vidas”, disse o reitor do Santuário, ao exortar a assembleia reunida na Basílica da Santíssima Trindade a se deixar “transformar e converter em testemunhas de Deus, a partir da experiência do encontro com Cristo”.

PDF

HORÁRIOS

12 jul 2024

Missa, na Capela da Morte de Jesus

  • 16h30
Missa

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 18h30
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.