12 de janeiro, 2022

2022-01-07_Retiro_Maria_2.jpg

Retiro vai apresentar verbos para um “discipulado de serviço” a Deus, a partir do exemplo de Maria

Encontro está agendado para o fim de semana de 28 a 30 de janeiro e tem como título “Com Maria, ver, levantar(-se) e ser luz”.

 

A Escola do Santuário realiza, entre 28 e 30 de janeiro, um retiro que se propõe a apresentar um conjunto de verbos fundamentais para um itinerário de vida inspirado na experiência de fé e na disponibilidade total para Deus de Nossa Senhora. “Com Maria, ver, levantar(-se) e ser luz” é o título do encontro de três dias, que decorre na Casa de Retiros de Nossa Senhora das Dores sobre a orientação do padre Ronaldo Araújo, capelão do Santuário de Fátima.

“Maria é a cheia da graça divina, que lhe permitiu ‘ver’ o amor de Deus revelado no seu coração. Ela é comunicadora dessa luz de Deus, a mesma que a envolve e ilumina o mundo”, lê-se na sinopse do retiro, que parte do exemplo da revelação de Deus concedida por Nossa Senhora aos Santos Pastorinhos para deduzir a convite perene de Maria para uma vida comprometida com Deus.

“Em Fátima, Maria, portadora da luz divina, comunicou ao coração dos Pastorinhos a luz que lhes revelou quem é Deus. São Francisco Marto, o menino silencioso e contemplativo, foi, dos três, o que se revelou especialmente sensível a esta visão, levando-o a uma atitude continuamente contemplativa e adorante na sua vida simples do quotidiano. Maria continua a convidar os homens e as mulheres de cada tempo a dar um sim a Deus comprometido com o seu projeto de amor na doação aos irmãos. Assim, com Maria, aprende-se o discipulado do serviço.”

O encontro inicia no final de sexta-feira, com o acolhimento e, logo após o jantar, um primeiro momento de oração, preparado previamente pelos participantes.

No dia seguinte, são apresentados os verbos fundamentais para um itinerário de vida inspirado em Maria, começando pelo verbo ver, perspetivado a partir do momento da Anunciação de Maria, da experiência de São Francisco Marto e da experiência pessoal de cada participante. Após um momento de partilha, já da parte da tarde, segue-se um espaço de reflexão sobre “o desafio de levantar-se”. O dia termina com a celebração da Missa e a participação na recitação do Rosário das 21h30, na Capelinha das Aparições.

No último dia desta proposta, o quinto e último momento de reflexão apresenta Maria como exemplo do “discipulado do serviço” a Deus. Os três dias terminam com um momento de partilha, no final da Missa das 11h00, de domingo, seguido de almoço.

A inscrição é obrigatória e sujeita a confirmação, havendo a disponibilidade de alojamento nas casas de retiros do Santuário de Fátima.

PDF

HORÁRIOS

16 mai 2022

Missa, na Capelinha das Aparições

  • 12h30
Missa

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 18h30
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.