12 de outubro, 2021

2021-10-12_voz_Da_Fatima.jpg

Santuário celebra 100 anos da Voz da Fátima

Comemorações do centenário do jornal oficial do Santuário estendem-se entre 13 de outubro de 2021 e 13 de outubro de 2022, data em que o jornal completa 100 anos

 

O reitor do Santuário de Fátima apresentou esta tarde o programa comemorativo da celebração do Centenário do Jornal Voz da Fátima, o jornal oficial da instituição que se publica mensal e ininterruptamente desde 13 de outubro de 1922.

“Este ano- de outubro de 2021 até outubro de 2022- Fátima irá celebrar o centenário do seu jornal, da sua Voz. Um voz que ligou o país de Norte a sul e que nos ligou ao mundo inteiro, com particular destaque para os devotos de Nossa Senhora, que nos lêem em todo o mundo”, afirmou o reitor em  conferência de imprensa.

É neste contexto que vai decorrer o centenário com um vasto programa iniciado com o lançamento do jornal, que passa de 12 para 16 páginas, hoje com uma sobrecapa reproduzindo a primeira edição e um selo comemorativo do centenário, que acompanhará todas as edições até outubro de 2022. Além de aumentar o número de páginas, com mais opinião dos leitores, do Movimento da Mensagem de Fátima e dos jovens através de uma colaboração mensal de escolas, no dia 27 de novembro será inaugurada uma exposição mural, nas alamedas que ladeiam o Recinto de Oração, que exibirá as primeiras páginas das edições do primeiro ano do jornal, procurando, ao mesmo tempo, trazer algumas das páginas que contém temas marcantes da vida deste Santuário ao longo dos cem anos do jornal. 

Em abril de 2022,  o encontro “O Mundo visto de Fátima- Jornadas de Comunicação no contexto do centenário do Jornal Voz da Fátima”, reunirá especialistas da academia e responsáveis da imprensa de inspiração cristã, que refletirão sobre o papel do jornalismo católico na construção do Portugal moderno.

Em junho, a edição será inteiramente dedicada aos mais novos, que sempre tiveram uma presença efetiva no jornal com a rubrica “Fátima dos pequeninos”. Esta edição terá a particularidade de ser escrita, editada e publicada por crianças públicas e católicas de todo o país.

Finalmente, para encerrar o centenário, será dada à estampa uma publicação cientifica sobre o jornal, com o contributo de investigadores de diferentes universidades portuguesas, que terá a coordenação do Diretor do Departamento de Estudos do Santuário, serviço que contribuirá também com alguns textos produzidos pelos seus investigadores.

A 4 de maio de 1922 a Comissão Canónica nomeada, por D. José Alves Correia da Silva para investigar os acontecimentos de 1917 reuniu-se em Leiria e decidiu sobre a publicação de um boletim mensal a que se daria o nome de Voz da Fátima, e que teria como finalidade publicar todas as notícias e informações relativas aos acontecimentos de Fátima e, em concreto, das aparições. 

O primeiro número da Voz da Fátima foi dado à estampa a 13 de outubro de 1922 e desde aí, até aos nosso dias, o jornal nunca sofreu qualquer interrupção na sua publicação mensal.

Desde a sua fundação, o periódico teve vários editores e a redacção foi assegurada por muitas pessoas. Desde 1976, o jornal passou a ser dirigido pelo Reitor do Santuário em funções.  De uma tiragem inicial de 6 mil exemplares o jornal chegou a noticiar em julho de 1954, que a sua tiragem “se aproximava dos 250 mil exemplares”, sobretudo devido ao aumento dos devotos de Nossa Senhora de Fátima, em vários países do mundo. Atualmente, tem uma tiragem de 62 mil exemplares e, desde 2005, a Voz da Fátima está disponível na página on-line do Santuário em www.fatima.pt.

PDF

HORÁRIOS

23 out 2021

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 18h30
Terço

Missa, na Basílica da Santíssima Trindade

  • 18h30
Missa
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.