03 de maio, 2019

AF_BANNER_CONCERTO-III-Ciclo-de-Orgao-2019-RGB.jpg

 

Wayne Marshall encerra segunda temporada do Ciclo de Órgão em Fátima

Concerto “Em torno de Messiaen” realiza-se no dia 5 de maio, às 15h30, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

 

Wayne Marshall, maestro titular da Orquestra Radiofónica da WDR de Colónia, na Alemanha, fará o concerto de encerramento da segunda temporada do Ciclo do Órgão da Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, no próximo dia 5 de maio, às 15h30, com entrada livre.

O recital “Em torno de Messiaen” levará o célebre pianista a interpretar Transports de Joie (N.o3 de ”L’Ascension”), de Olivier Messiaen (1908-1992); Simphonie-Passion, para Órgão, op. 23 de Marcel Dupré (1886-1971); Deux Evocations de George C. Baker (1951) e uma Improvisação sobre um tema Mariano, de Wayne Marshall.

O pianista, organista e maestro de renome internacional nasceu em 1961, Lancashire, no Reino Unido e formou-se na Chetham’s School (Manchester) e no Royal College of Music.

Sendo um intérprete de referência da obra de George Gershwin, Leonard Bernstein, Duke Ellington, e outros músicos norte-americanos do séc. XX, gravou a obra integral para piano e orquestra de Gershwin, como pianista e maestro.

Com uma carreira extremamente ocupada, quer como maestro quer como organista, é desde 2014 o maestro titular da Orquestra Radiofónica da WDR de Colónia (Alemanha) e organista e artista associado em The Bridgewater Hall, Manchester.

Marshall tem atuado por todo o mundo, nos melhores órgãos, tais como o de Notre Dame de Paris e o da Abadia de Westminster (Londres), inaugurando outros como o de Walt Disney Hall (Los Angeles). Os seus programas costumam refletir o seu fascínio pela improvisação, fundindo estilos em composições espontâneas.

O famoso maestro encerra a segunda edição do Ciclo do Órgão que pretendeu dar a conhecer três épocas/autores distintos, que elevaram a produção para este instrumento a novos níveis de desenvolvimento, e cujo impacto na história da música e na liturgia cristã ainda hoje tem importantes reflexos. Sendo assim, as contribuições para a literatura organística aportadas por Bach, Widor e Messiaen foram escolhidas para centralizar a temática dos três concertos que constituiram este ciclo, que agora termina.

 

PDF

HORÁRIOS

23 mai 2019

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 18h30
Terço

Missa, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

  • 18h30
Missa
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.