11 de julho, 2022

d0093799.jpg

A celebração das Aparições do Anjo  

 

Não são conhecidas, com precisão, as datas em que os três Pastorinhos de Fátima se viram beneficiados com as visões do Anjo, o Santuário de Fátima estabeleceu para a sua celebração o dia 21 de março de cada ano.

Lúcia, nas suas “Memórias”, diz por várias vezes que não tinha ainda noção do tempo, pelo que lhe custa dar informações claras sobre estes pormenores relativos ao ano de 1916. A vidente situa a primeira aparição do Anjo, na Loca do Cabeço, na primavera, a segunda aparição, no Poço do Arneiro, no pino do verão, e a terceira aparição, novamente na Loca do Cabeço, no outono.

A fim de encontrar uma data que pudesse proporcionar aos peregrinos a celebração destas angelofanias e da mensagem que as mesmas apresentaram, o Santuário de Fátima fixou para celebração destas aparições o primeiro dia da primavera, tomando, assim, o dia 21 de março para esta evocação. O primeiro ano em que se levou a cabo esta memória foi o de 2012, inaugurando-se, assim, a celebração que inicia na Capelinha das Aparições e percorre os lugares de memória das Aparições do Anjo, em Aljustrel e nos Valinhos.

PDF

HORÁRIOS

18 ago 2022

Missa, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

  • 18h30
Missa

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 18h30
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.