21 de junho, 2020

3J3A8112.JPG

“A mensagem de Fátima é uma mensagem de esperança e um apelo à confiança, a vencermos os nossos medos”

O padre Carlos Cabecinhas presidiu à Eucaristia dominical, no Recinto de Oração do Santuário de Fátima

 

O Recinto de Oração do Santuário de Fátima acolheu esta manhã a Eucaristia dominical, presidida pelo padre Carlos Cabecinhas.

O Reitor a partir da liturgia deste domingo falou das “muitas coisas que nos metem medo” no quotidiano da vida.

“Temos medo de nos expormos, ao confessarmos a nossa fé, temos medo do que os outros podem pensar e dizer de nós, temos medo de não sermos aceites pelos outros”, disse.

Na atual situação de pandemia, “temos medo da doença, medo dos outros, que nos podem contagiar, medo da crise que se vislumbra e da qual já sentimos os efeitos”, considera, lembrando ainda que “o que tínhamos por seguro e inabalável aparece, agora, posto em causa, o que nos provoca insegurança e nos deixa assustados e temerosos em relação ao presente e ao futuro... E não há nada que paralise tanto como o medo”.

No entanto, segundo Jesus Cristo, “só devemos temer o que nos afasta de Deus e da comunhão com Ele, e Jesus reforça estas exortações, convidando à confiança porque só a confiança nos permite vencer o medo”.

“Da exortação a não temer, nasce a confiança de quem reconhece a presença atuante de Deus na sua vida, na sua história pessoal e na história do mundo em que vivemos” e deste modo “a confiança é uma dimensão fundamental da fé: ter fé é confiar em Deus”, sublinhou.  

O Reitor alertou os peregrinos para o facto de que “quem acredita, não só confia naquele em que acredita, como acredita porque confia”.

“Esta exortação a não temer e a confiar, está presente também desde o início dos acontecimentos de Fátima”, recordou o padre Carlos Cabecinhas ao frisar as palavras do Anjo e as de Nossa Senhora, sempre centradas nesta ideia do medo. O sacerdote destacou de resto, o diálogo contado por Lúcia na Aparição de junho, quando Nossa Senhora lhe diz “Não desanimes. Eu nunca te deixarei. O meu Imaculado Coração será o teu refúgio e o caminho que te conduzirá até Deus”.

Deste modo “a mensagem de Fátima é fundamentalmente uma mensagem de esperança e, por isso, um apelo à confiança, a vencermos os nossos medos”.

Em Fátima, “Nossa Senhora veio convidar os pequenos videntes e vem convidar-nos a nós a reconhecer a presença de Deus no nosso mundo e nas nossas vidas e se Deus está presente nada temos a temer”, afirmou o sacerdote.

Este domingo,  os peregrinos voltaram a estar presentes no Recinto de Oração, mas cumprindo o respeito integral das regras de segurança e distanciamento social. Embora sendo um espaço ao ar livre, os peregrinos têm mantido o uso da máscara e preservado o distanciamento físico entre si, seja durante as celebrações seja durante as visitas aos espaços de culto, oração ou museológicos, respeitando as indicações dos inúmeros acolhedores com que o Santuário conta para o acolhimento diário dos que peregrinam a Fátima.

PDF

HORÁRIOS

08 jul 2020

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 14h00
Terço

Missa, na Basílica da Santíssima Trindade

  • 15h00
Missa
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.