13 de janeiro, 2022

DSCF1585.jpg

A Mensagem de Fátima exorta “a estarmos atentos a Deus e ao Nosso Mundo”, considera o Pe. Carlos Cabecinhas

Reitor do Santuário de Fátima presidiu à missa da peregrinação mensal de janeiro na Basílica da Santíssima Trindade

 

O Pe. Carlos Cabecinhas, reitor do Santuário de Fátima presidiu à missa da peregrinação mensal de janeiro na Basílica da Santíssima Trindade.

Neste dia, a palavra de Deus, “exorta a imitar Maria e imitá-la fundamentalmente na sua atenção a Deus”, num caminho que é descrito na liturgia como “caminho de alegria e felicidade, que é uma verdadeira bem-aventurança, a que também nós somos chamados”

Nas suas aparições neste lugar Nossa Senhora apresentou “o seu Coração Imaculado como refúgio, mas também como caminho para Deus, e é este segundo aspeto é destacado no Evangelho hoje proclamado”.

“Jesus parece recusar o elogio que é feito a Sua mãe, mas faz-lhe o melhor dos elogios”, isto é, “Maria foi quem melhor soube escutar a palavra de Deus e por as Suas palavras em prática na vida”

“Ninguém melhor que Maria soube estar atento à voz de Deus”, acrescentou o Pe. Carlos Cabecinhas, explicando que efetivamente “é assim que os evangelhos falam de Maria, como aquela que escuta a palavra e a medita, aquela que guarda a palavra de Deus no seu coração, como aquela que se deixa guiar por essa palavra, que depois de escutada e meditada orienta a vida e atitudes, determina as suas opções e escolhas e por esse motivo Jesus proclama-a bem-aventurada”.

Esta bem-aventurança está “ao nosso alcance”, considera o sacerdote.

Ao enaltecer quem escuta a palavra de Deus e a põe em prática, “Jesus indica este caminho da bem-aventurança que também nós podemos experimentar, e é este o “grande desafio” apresentado a cada um.

A Mensagem de Fátima, “conduz no caminho desta bem-aventurança”, pois Nossa Senhora na sua mensagem exorta “a estarmos atentos a Deus e ao Nosso Mundo”.

Maria hoje “conduz-nos a Deus” e “enche-nos de esperança”, lembra o reitor do Santuário de Fátima.

Esta celebração teve transmissão em direto nos meios digitais do Santuário de Fátima.

A Escola do Santuário realiza, entre 28 e 30 de janeiro, um retiro que se propõe a apresentar um conjunto de verbos fundamentais para um itinerário de vida inspirado na experiência de fé e na disponibilidade total para Deus de Nossa Senhora. “Com Maria, ver, levantar(-se) e ser luz” é o título do encontro de três dias, que decorre na Casa de Retiros de Nossa Senhora das Dores sobre a orientação do padre Ronaldo Araújo, capelão do Santuário de Fátima.

PDF

HORÁRIOS

17 jan 2022

Missa, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

  • 11h00
Missa

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 12h00
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.