25 de maio, 2021

2020-02-13_Fatima_ao_pormenor.jpg

A trança de Santa Jacinta Marto

 

Entre os tesouros mais importantes que o Santuário de Fátima guarda encontra-se uma madeixa de cabelo que pertenceu a Santa Jacinta Marto e que permanece, atada com uma fita de cor azul e branca, entrançada. 
Guardado no Museu do Santuário de Fátima desde 1982, o pedaço de cabelo foi extraído do corpo de Jacinta Marto por uma religiosa pertencente às Irmãs de São Vicente de Paulo três dias após o falecimento da vidente de Fátima, no contexto das veladas que, segundo as descrições da época, atraíram à Igreja dos Anjos muitos fiéis, movidos pela fama de santidade em que a criança havia falecido.

O gesto de extrair esta parte do corpo de Jacinta é já por si prova da fama de santidade, assim como a forma como se regista este ato, à maneira de autêntica, pelo punho de Álvaro Artur Mouranha, sacristão daquela igreja e primeiro zelador da relíquia. Verdadeiramente interessante nessa declaração é a maneira de descrever as aparições, ao exarar que a trança pertence a uma «menina chamada Jacintha de Jesus de 10 annos a quem apareceu Nossa Senhora de Lourdes em Fatima». 

 

Marco Daniel Duarte

Departamento de Estudos do Santuário de Fátima

 
PDF

HORÁRIOS

28 set 2021

Missa, na Basílica da Santíssima Trindade

  • 07h30
Missa

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 12h00
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.