18 de abril, 2022

aficonexii-encontro-coros-infantis22.jpg

Basílica de Nossa Senhora do Rosário vai acolher XII Encontro de Coros Infantis do Santuário de Fátima

Iniciativa está agendada para o próximo dia 25 de abril, pelas 15h30, com entrada livre

 

A Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima acolhe, no próximo dia 25 de abril, a partir das 15h30 e com entrada livre, o XII Encontro de Coros Infantis, com a participação da Schola Cantorum Pastorinhos de Fátima, o Grupo Coral Infantojuvenil da Paróquia de Beiriz e Coro de Pequenos Cantores de Esposende.

Esta iniciativa pretende promover e valorizar a prática musical religiosa de crianças e jovens, através de uma dinâmica de intercâmbio e enriquecimento de experiências e conhecimentos, com outras formações corais, diferentes realidades e modelos de trabalho.

Na impossibilidade de se realizar no Santuário de Fátima o XII Encontro de Coros Infantis, previsto para este dia 25 de abril de 2020, devido à pandemia por Covid-19, a Schola Cantorum Pastorinhos de Fátima reuniu-se, em vídeo, para deixar uma mensagem de esperança, com a interpretação da música “Why we sing”, de Greg Gilpin.

Dois anos depois, o Encontro vai ser retomado e o programa começa com a participação da Schola Cantorum Pastorinhos de Fátima, que vai interpretar uma música, em primeira audição absoluta. Em seguida, o Grupo Coral Infantojuvenil da Paróquia de Beiriz interpretará seis músicas. Por fim, o Coro de Pequenos Cantores de Esposende fará a interpretação de mais cinco temas, o que antecede a interpretação conjunta pelos três grupos da música “Pastorinhos da Virgem Maria”.

A Schola Cantorum Pastorinhos de Fátima é o coro infantojuvenil do Santuário de Fátima. Este coro foi criado em 2003 com o intuito principal de animar a Peregrinação Nacional das Crianças, que tem lugar anualmente no dia 10 de junho. Atualmente, toma parte na programação regular do Santuário de Fátima e participa em concertos no país e no estrangeiro. Acolhe com regularidade coros de todos os pontos do globo que visitam este Santuário. Para além da interpretação de repertório de reconhecidos compositores, a Schola Cantorum Pastorinhos de Fátima tem vindo a procurar uma identidade musical própria, nomeadamente através da recriação de peças ligadas à história do Santuário de Fátima. Desde a sua criação, foi dirigido por Paulo Lameiro e Paula Pereira. Atualmente tem direção musical de José Leite.

O Grupo Coral Infantojuvenil da Paróquia de Beiriz existe desde novembro de 2015, sendo atualmente composto por vinte coralistas com idades compreendidas entre os 7 e os 18 anos. Tendo como diretor artístico o professor Tiago Carriço, é Membro Associado da Federação Portuguesa de Pueri Cantores. O propósito do início do Grupo Coral foi o de proporcionar o canto e a música litúrgica na Celebração da Eucaristia. Não se limitando somente a animar as Eucaristias, o Grupo Coral conta já com a participação em algumas iniciativas socio-culturais, como Concertos temáticos, de Natal e de Reis em Beiriz, Barcelos, Póvoa de Varzim, Vila do Conde e Porto, bem como no Encontro Internacional de Música Coral da Póvoa de Varzim, no Congresso Nacional de Pueri Cantores (Santuário de Fátima) e, por videoconferência, no International Festival of Sacred & Religious Music (Federação de Pueri Cantores da Índia).

O Coro de Pequenos Cantores de Esposende surge em finais de 2009, fruto de uma parceria entre a Câmara Municipal de Esposende e a Escola de Música de Esposende. É, desde essa altura, dirigido pela Diretora Coral Helena Venda Lima. Entre outros, o CPCE teve oportunidade de trabalhar em masterclasse com Anita Morrinson (preparadora vocal do Coro da Catedral de Westminster de Londres), Lluis Vila i Casañas (diretor do Coral Sant Jordi e professor na Escola Superior de Música da Catalunha), e Jo McNally. O CPCE tem no seu histórico diversas obras dedicadas ao próprio coro: de Fernando Lapa, Magnificat; de Sérgio Azevedo, Romance do Caçador e da Princesa; de Paulo Bastos, Três canções de Natal; de Osvaldo Fernandes, Fantasia à volta de um poema, Missa brevis, Mudam-se os Tempos, Natal Português, É Tempo de Natal, Paixão segundo S. João; e ainda, Salmo, de Telmo Marques. O CPCE gravou o seu primeiro disco em 2013, Mudam-se os Tempos. Em 2014, gravou o segundo disco, É tempo de Natal. Já em 2015, a convite da Associação Portuguesa de Educação Musical, participou na gravação de obras do compositor Paulo Bastos. Ainda neste ano, participou no disco Pleiades, da Orquestra Portuguesa de Guitarras e Bandolins. O último disco, AETERNUM, em articulação com o Coro Ars Vocalis, inclui obras de Alfredo Teixeira, António Pinho Vargas, Helena Venda Lima, Osvaldo Fernandes, Paulo Bastos e Telmo Marques. O CPCE teve a honra de se apresentar em espaços e eventos de significativa importância, como o Festival Internacional de Órgão de Braga, Festival Internacional de Órgão e Música Sacra do Porto, Concertos Promenade do Coliseu do Porto, Centro Cultural de Belém, Casa da Música do Porto, Santuário de Fátima, Catedral de Almudena de Madrid, Sé de Braga, entre muitos outros.

PDF

HORÁRIOS

03 fev 2023

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 18h30
Terço

Missa, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

  • 18h30
Missa
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.