09 de maio, 2021

3J3A0331.JPG

Cumprir o mandamento do amor significa “estar atento e cuidar dos outros”

Reitor do Santuário de Fátima preside à Missa dominical no Recinto de Oração, no VI Domingo da Páscoa, no inicio da Semana da Vida

 

O padre Carlos Cabecinhas lembrou esta manhã, na homilia da Missa dominical no Recinto de Oração que o amor cristão não é um “mero sentimento” mas antes uma “vontade de querermos bem a alguém”.

“O amor do qual Jesus nos fala não é apenas uma questão de sentimento, é mais que isso;  sobretudo, é uma questão de vontade, é o querermos bem a alguém pois  quem ama procura fazer a vontade daquele que ama”, afirmou o sacerdote aos inúmeros fieis que se deslocaram a Fátima este fim de semana que precede a Peregrinação Internacional Aniversária de maio, na Cova da Iria.

“A medida do nosso amor, o que nos é pedido , é o próprio Jesus, que nos pede para amarmos os outros como Ele nos amou. E como é que Ele nos amou? Levando ao extremo”, isto é, “ quem ama dispõe-se a dar a vida por aqueles que ama. Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a vida pelos seus amigos”, disse o responsável pelo Santuário de Fátima a partir da liturgia proclamada neste VI Domingo da Páscoa.

“Conformar as nossas decisões com os seus mandamentos, é pôr em prática a sua vontade e isso significa estar atentos uns aos outros, cuidarmos uns dos outros, estarmos atentos aqueles que precisam da nossa ajuda” esclareceu o padre Carlos Cabecinhas.

Por isso, conclui: “Sermos testemunhas de Jesus, como discípulos que somos,  não se limita a uma declaração de simpatia por Jesus; isso é pouco. Sermos cristãos implica adesão de amor à pessoa de Jesus, que depois se manifesta nas decisões e opções do dia da dia”, como fizeram os Santos Pastorinhos, lembrou.

“Eles fizeram a experiência de serem amigos de Jesus, e o que moldou as suas vidas foi fazer a sua vontade porque se sentiram amados por ele: consolaram-no, evitaram o pecado que o entristecesse, viviam atentos aos outros e os sacrifícios que faziam eram uma forma de expressar o amor por Jesus” disse o reitor do Santuário.

“Aprendamos com os santos Pastorinhos, tornemo-nos amigos de Jesus, amando-nos uns aos outros como o Senhor nos amou”, concluiu.

Este domingo no Santuário voltou a rezar-se pela vida, no dia em que se inicia a Semana da Vida 2021,  que tem como tema ‘A vida que nos toca, a vida que sempre cuidamos’, um tema focado no cuidado, sobretudo neste tempo de pandemia, em que as privações e as dificuldades provocadas pela Covid-19 levaram a dar novo valor à vida.

A semana começa hoje com uma celebração mariana, aberta à participação das famílias, pelas 15h00, na capelinha das Aparições no Santuário de Fátima.

PDF

HORÁRIOS

24 set 2021

Missa, na Basílica da Santíssima Trindade

  • 07h30
Missa

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 12h00
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.