02 de janeiro, 2022

2022-01-02_Missa_2.jpg

Disponibilidade, acolhimento, adoração e testemunho dos magos apontados como exemplo para uma fé viva

Na Missa deste Domingo da Epifania, o reitor do Santuário deduziu do dinamismo de fé dos magos um caminho ideal para cada cristão.

 

Na homilia da Missa deste Domingo, celebrada na Basílica da Santíssima Trindade, o reitor do santuário exortou os peregrinos a seguir atitude dos magos, assumindo o seu dinamismo de fé na disponibilidade, acolhimento, adoração e anúncio do Deus feito homem.

Ao refletir sobre o caminho dos magos relatado no Evangelho deste dia, o presidente da celebração destacou o contraste de atitude entre o vivo interesse dos magos, que procuram Jesus Cristo, e o desinteresse, indiferença e rejeição dos habitantes de Jerusalém, dos escribas e do próprio Herodes, respetivamente.

“Estas atitudes, tão contrastantes, mostram-nos aquilo que são as nossas próprias atitudes e indicam outros tantos modos de encarar a nossa vida de fé e a nossa relação com Deus”, alertou o sacerdote, ao apontar como verdadeira atitude de fé a disponibilidade, o acolhimento e a adoração de Deus, demonstrada pelos magos.

“Tal como os magos, também nós somos desafiados a voltar à nossa vida dando testemunho do encontro com Deus nas atitudes concretas da nossa vida”, acrescentou, ao estabelecer um paralelo entre a atitude dos magos e o tema deste ano pastoral no Santuário de Fátima: “Levanta-te! És testemunha do que viste!”.

“Quem faz a experiência do encontro com Jesus Cristo, como os magos fizeram, e como nós somos convidados a fazer, não pode deixar de o anunciar através das atitudes, comportamentos e opções. Neste dia de Reis, é este o desafio que nos fica: o de vivermos com entusiasmo a nossa fé e de a testemunhar.”

Evocando as palavras do Papa São João Paulo II, que apresentou Maria como “a Estrela que guiou os magos e que nos mostra onde se encontra o Filho de Deus, o presidente da celebração concluiu a homilia convidando os peregrinos a pedir a intercessão de Nossa Senhora no reconhecimento dos sinais da presença de Deus na vida de cada um, na procura e na adoração e testemunho da Sua presença, tal como os magos.

PDF

HORÁRIOS

17 jan 2022

Missa, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

  • 11h00
Missa

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 12h00
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.