06 de julho, 2021

2021-07-06_Encontros_Basilica_2.jpg

Forma como os santos Pastorinhos atravessaram o sofrimento vai ser o tema do próximo Encontro na Basílica

Proposta formativa acontece este domingo, às 15h30, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima e tem como oradora ex-​postuladora da Causa de Canonização de Francisco e Jacinta Marto, irmã Ângela Coelho.

 

No segundo Encontro na Basílica de 2021, agendado para 11 de julho, às 15h30, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, a irmã Ângela Coelho, da congregação da Aliança de Santa Maria, vai refletir sobre a forma como os santos Francisco e Jacinta Marto atravessaram o sofrimento, tomando-a como modelo para enfrentar as dificuldades do presente e perspetivando-a como inspiração para uma “transformação interior”.

“Em São Francisco e Santa Jacinta Marto, tocados pelo sofrimento físico da pneumónica e pelo sofrimento interior provindo do desejo de serem fiéis no dar testemunho das aparições de Fátima, num meio tantas vezes hostil, encontramos uma fonte inspiradora para os momentos onde, também a nós, nos toca subir ‘a escabrosa montanha no cimo da qual est[á] uma grande cruz!’ E poderemos aprender a poderosa transformação interior que o sofrimento, vivido como dom de si, pode trazer a uma vida.”, lê-se na sinopse do encontro, que culminará com um recital pela organista Rute Martins.

Ângela de Fátima Coelho, natural do Porto, é religiosa da Aliança de Santa Maria desde 1995. É médica e licenciada em Ciências Religiosas pela Universidade de Comillas, Madrid. Atualmente é mestra de noviças da sua congregação, diretora da Fundação Francisco e Jacinta Marto e vice-postuladora da Causa de Canonização da Irmã Lúcia.

Rute Martins, que, no momento musical do encontro, interpretará o “Magnificat”, de Dieterich Buxtehude, e “Regina Caeli”, de Pietro Mascagni, é docente na Classe de Órgão do Conservatório de Artes do Orfeão de Leiria e da Escola de Artes-Samp, organista na Igreja Evangélica Alemã de Lisboa e integra o grupo de música de câmara, Liz Consort.

Os Encontros na Basílica são uma proposta dinamizada pelo Santuário de Fátima desde 2018, que, a cada ano, aprofunda, em cinco encontros, o tema pastoral em vigor.

As conferências, que têm entrada livre, decorrem sob as regras de segurança definidas pelo Santuário de Fátima, em consonância com as autoridades de saúde, para este contexto pandémico.

Para esta ano, estão agendados mais três encontros. A 5 de setembro, o sacerdote de Leiria-Fátima Rui Ruivo abordará o tema “O caminho que te conduzirá até Deus»: o encontro com Deus como experiência de conversão”, num encontro que terminará com um recital do organista Davide Barros. O capelão do Santuário de Fátima, padre José Nuno Silva, falará sobre “A fragilidade como lugar teológico e espiritual” no dia 3 de outubro, dia em que o recital estará a cargo do organista António Mota. O último encontro deste ano pastoral está agendado para 7 de novembro e contará com o recital do organista Sílvio Vicente e com a palestra do diretor do Departamento para o Acolhimento de Peregrinos do Santuário de Fátima, André Pereira, que perspetivará Fátima como acontecimento, lugar e mensagem de esperança.

PDF

HORÁRIOS

30 jul 2021

Rosário, na Capelinha das Aparições, e procissão das velas, no Recinto de Oração

  • 21h30
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.