28 de julho, 2020

2_Banner_jpg2 (5).jpg

Marco Daniel Duarte apresenta “Singularidades das Representações da Virgem Maria nas Diferentes épocas Históricas”

O Diretor do Museu do Santuário de Fátima orienta a visita temática de agosto à exposição “Vestida de Branco”, centrando a sua análise do núcleo primeiro da mostra temporária

 

“Singularidades das representações da Virgem Maria nas diferentes épocas históricas” é o mote que animará a segunda visita temática à exposição temporária “Vestida de Branco”, que será orientada pelo Diretor do Museu do Santuário de Fátima, comissário da exposição, e que decorrerá no próximo dia 5 de agosto, pelas 21h15, no piso inferior da Basílica da Santíssima Trindade.

Marco Daniel Duarte centrará a sua alocução no primeiro núcleo da exposição, que integra oito esculturas de Nossa Senhora, esculpidas em Portugal e datadas entre o século XVI e a atualidade, que apresentam uma síntese da figuração da Virgem Maria durante aquele período. Neste espaço, são evidenciados os cânones de beleza feminina que os artistas fixaram em cada representação da Virgem Maria.

Esta é a segunda de quatro visitas temáticas à exposição que assinala o centenário da Imagem de Nossa Senhora de Fátima, venerada na Capelinha das Aparições, e cujo título- Vestida de Branco- provém da descrição de Nossa Senhora feita por Lúcia de Jesus ao padre Manuel Nunes Formigão e padre Manuel Marques dos Santos, a 8 de julho de 1924, onde a vidente, à pergunta sobre “como estava vestida a Senhora”, responde que “estava vestida de branco”.

É a partir deste interrogatório e da ideia de ícone à escala mundial em que a primeira escultura de nossa Senhora de Fátima se tornou que abre o preâmbulo da exposição e que derivam os restantes sete núcleos que a compõem.

Marco Daniel Duarte é o diretor do Museu do Santuário de Fátima e, na instituição dirige também o Departamento de Estudos. É doutorado em História de Arte, com um estudo aprofundado desta primeira escultura da Senhora do Rosário de Fátima que se venera na Capelinha das Aparições e cujo centenário é assinalado este ano e autor de várias publicações sobre a temática de Fátima. 

Depois da conferência, os visitantes poderão percorrer a exposição que estará patente ao público até 15 de outubro.

A entrada é livre.

PDF

HORÁRIOS

09 ago 2020

Missa, na Basílica da Santíssima Trindade

  • 07h30
Missa

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 10h00
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.