27 de setembro, 2022

6banner.jpg

Maria Isabel Roque vai conduzir a última visita temática à Exposição “Rostos de Fátima” no próximo dia 05 de outubro

Professora da Universidade Católica Portuguesa vai falar sobre “Museologia, Rosto da Relação com o Sagrado”

 

Maria Isabel Roque vai conduzir a última visita temática à Exposição “Rostos de Fátima” no próximo dia 05 de outubro, Galilé dos Apóstolos, no piso inferior da Basílica da santíssima Trindade. A professora da Universidade Católica Portuguesa vai falar sobre “Museologia, Rosto da Relação com o Sagrado” a partir das às 21h15, seguindo-se uma visita à exposição.

Maria Isabel Rocha Roque é doutora em História pela Universidade Lusíada com a tese Musealização do sagrado: Práticas museológicas em torno de objectos do culto católico. Integrou os comissariados das exposições Encontro de Culturas (Lisboa, 1994, Vaticano, 1996), Fons Vitae (Pavilhão da Santa Sé na Expo98) e 500 Anos das Misericórdias Portuguesas (Lisboa, 2000).

Integrou o grupo de trabalho para a versão portuguesa do Thesaurus: Vocabulário de objectos do culto católico. Lecciona Museologia e Património arquitetónico e móvel na Universidade Católica Portuguesa e História da Arte no Instituto Superior de Línguas e Administração. É investigadora no Centro de Investigação em Património da Universidade Lusíada.

Em outubro de 2018 a professora da Universidade Católica Portuguesa conduziu uma visita temática sobre “O Papel da Museologia na apresentação de conteúdos - a propósito da exposição ‘As cores do sol’: a luz de Fátima no mundo contemporâneo”.

Em março de 2019, Maria Isabel Roque apresentou uma reflexão sobre as exposições temporárias do Santuário de Fátima nas Jornadas do Museu do Santuário de Fátima em torno do tema: “Museus da Igreja, Memória de Todos”.

A exposição “Os rostos de Fátima- fisionomias de uma paisagem espiritual” apresenta a história de Fátima a partir dos nomes que a fizeram, numa narrativa que reflete sobre a o tema da vida e da morte, como momentos luminosos da peregrinação do Homem.

Nesta exposição, os visitantes poderão percorrer, até 15 de outubro de 2022, a história de Fátima pelos vários rostos que a fizeram, num percurso que, num tempo de pandemia, que convoca toda a humanidade a refletir sobre a sua própria condição, apresenta o tema da morte e da vida como momentos luminosos da peregrinação do Homem no mundo.

A exposição está dividida em duas partes. Num primeiro momento, que percorre o primeiro século de Fátima, dão-se a conhecer os rostos relevantes da história da Cova da Iria, a começar pelos três Videntes, passando pelos impulsionadores, administradores, investigadores e até os adversários de Fátima, que assumiram dúvidas e militâncias em relação ao acontecimento da Cova da Iria.

A primeira parte da exposição tem ainda um núcleo dedicado à fisionomia artística, onde estão expostas obras daqueles que olharam para Fátima no último século e termina com uma galeria fotográfica dos protagonistas de Fátima: os próprios peregrinos, onde são também apresentados os objetos oferecidos pelos Papas ao Santuário, nomeadamente as rosas de ouro e o anel de São João Paulo II.

A mostra estará patente até 15 de outubro de 2022, no Convivium de Santo Agostinho, piso inferior da Basílica da Santíssima Trindade, e poderá ser visitada gratuitamente, todos os dias, das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00.

PDF

HORÁRIOS

07 dez 2022

Missa, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

  • 07h30
Missa

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 12h00
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.