08 de outubro, 2020

2020-10-07_Mensagem_Reitor_Outubro_2.jpg

Plano de contingência dita cerca de 6 mil lugares na Peregrinação de 12 e 13 de Outubro, mas a experiência de Fátima pode ser feita durante todo o ano, garante reitor

Apesar da “mágoa e tristeza” pelo facto de o Recinto de Oração não poder acolher todos na última peregrinação aniversária do ano, o reitor do Santuário convida peregrinos a vir a Fátima noutras datas.

 

Esta manhã, numa mensagem de vídeo, o reitor do Santuário de Fátima, padre Carlos Cabecinhas, pediu compreensão aos peregrinos que não possam estar presentes na Peregrinação Internacional Aniversária de 12 e 13 de Outubro, deixando o apelo a que se associem às celebrações a partir de casa e que venham à Cova da Iria numa outra data. Tendo em conta as medidas adicionais de contingência previstas para estas datas, só poderão assistir às celebrações cerca de 6.000 peregrinos, a quem o reitor também pediu responsabilidade no cumprimento das normas de segurança da distância física do uso da máscara e do respeito pelas indicações dos acolhedores.

“No Santuário, a preocupação pela saúde dos peregrinos e de quantos aqui trabalham é sempre prioritária e tem de o ser também num momento festivo como este”, afirma o responsável,  ao pedir aos que vierem e não conseguirem entrar, no dia da Peregrinação Internacional Aniversária, que evitem aglomerar-se nas zonas limítrofes do Santuário.

“A Peregrinação de outubro é, a par da de maio, a mais participada neste Santuário. (…) Este ano, tudo é diferente, por causa da pandemia que nos atinge. Em maio, fizemos uma peregrinação, pela primeira vez, sem peregrinos e, em outubro, apesar de já contarmos com a presença de peregrinos, serão ainda muito poucos”, explica o reitor, ao manifestar a “mágoa e tristeza” pelo facto do Santuário não poder acolher todos quantos gostariam de vir.

Apesar das limitações derivadas das regras para evitar o perigo de contágio, o responsável convida os que não possam estar na Cova da Iria este 12 e 13 de outubro, especialmente os de mais longe, a acompanharem as celebrações pelos meios de comunicação social, fazendo a Peregrinação pelo Coração e a virem ao Santuário noutras datas.

“Pedimos aos peregrinos que habitualmente vêm de mais longe que não corram o risco de vir a Fátima (nestes dias), podendo não conseguir entrar no Recinto do Santuário. Pedimos que se associem a nós, que façam a Peregrinação pelo Coração, através dos meios virtuais, que o Santuário disponibiliza diariamente. Podereis sempre vir ao Santuário, nomeadamente nos sábados e domingos depois do 12 e 13 de outubro, e fazer a experiência da procissão das velas, nos sábados e, ao domingo, no fim da Missa, a da Procissão do Adeus”, diz o reitor.

“O Santuário está sempre aberto para vos acolher, como sempre”, garante o padre Carlos Cabecinhas, na mensagem de vídeo onde apela à compreensão e “responsabilidade em nome de um bem maior”.

Já na passada semana, o bispo de Leiria-Fátima, cardeal D. António Marto, pediu aos peregrinos “fé e responsabilidade cívica” para aceitar as restrições de acesso ao Recinto de Oração durante as celebrações da Peregrinação Internacional Aniversária de outubro, apelando a um comportamento "exemplar e responsável" para os próximos dias 12 e 13.

A Peregrinação Internacional Aniversária de Outubro, que assinala a última Aparição de Nossa Senhora aos Pastorinhos, é presidida por D. José Ornelas, bispo de Setúbal e presidente da Conferência Episcopal Portuguesa.

 

PDF

HORÁRIOS

25 out 2020

Missa, na Basílica da Santíssima Trindade

  • 15h00
Missa

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 18h30
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.