25 de julho, 2019

Banner_CapelaMundi_VT4.png

 

O “Correio de Nossa Senhora” é o tema da próxima visita temática à exposição temporária Capela Múndi

A visita, orientada por André Melícias, está agendada para dia 7 de agosto pelas 21h15 e a entrada é livre

 

A quarta visita temática à exposição temporária “Capela-Múndi”, no Santuário de Fátima, vai realizar-se no próximo dia 7 de agosto, pelas 21h15, e terá como tema “O Correio de Nossa Senhora – A propósito das mensagens dos peregrinos à Virgem de Fátima”, com orientação de André Melícias, coordenador do Serviço de Arquivo e Biblioteca do Departamento de Estudos do Santuário de Fátima.

“A materialização da oração através de mensagens escritas às entidades cultuadas é uma estratégia de aproximação entre o crente e a entidade cultuada comum a várias religiões e cultos”, refere André Melícias em declarações à Sala de Imprensa lembrando que o local porventura mais conhecido desta prática seja o Muro das Lamentações, em Jerusalém.

"Em Fátima, esta tradição apelidada de `Correio de Nossa Senhora´, gera uma massa documental crescente, em diversos suportes e formatos, que, em 2017 – ano de exceção, pela comemoração do Centenário das Aparições –, ultrapassou as 807.000 mensagens recebidas e, em 2018, as 290.000”.

Atualmente, o Arquivo do Santuário de Fátima custodia um total estimado de 7.397.500 mensagens, acondicionadas em 1.948 unidades de instalação, que ocupam cerca de 350 metros lineares de estanteria.

“Esta é, de entre a documentação custodiada pelo Arquivo, uma das séries documentais mais relevantes do ponto de vista informacional, por ser uma das que melhor espelha a razão de existir do Santuário, que é a de assistir material e espiritualmente os peregrinos que vão àquele lugar específico procurar uma ligação à esfera do divino, por acreditarem que aquele é um lugar de hierofania” sublinha ainda o investigador, licenciado em História.

“Ao Arquivo do Santuário cabe preservar e valorizar estes testemunhos, assumindo o desafio de conjugar o interesse histórico e cultural que encerram com as exigências legais e éticas do respeito pela intimidade do peregrino” conclui.

“Capela-Múndi”- Exposição temporária comemorativa do Centenário da construção da Capelinha das Aparições, é composta por nove núcleos, e assenta numa contínua pesquisa histórica que procura ler a Capelinha das Aparições como um dos mais importantes ícones do Santuário de Fátima.

A entrada nesta visita temática, bem como na exposição diariamente, é livre . Até 15 de outubro, a exposição situada no Convívio de Santo Agostinho, no piso inferior da Basílica da Santíssima Trindade, pode ser visitada entre as 09h00 e as 18h00, realizando-se visitas guiadas, todos os dias, às 11h30 e 15h30.

PDF

DESTAQUES

CATEGORIAS

Geral Entrevista

HORÁRIOS

15 jan 2021

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 21h30
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.