05 de junho, 2022

3j3a4384i.jpg

Pe. Francisco Pereira, capelão do Santuário de Fátima, desafiou os peregrinos a serem “homens e mulheres de comunhão”

Recinto de Oração do Santuário de Fátima acolheu missa dominical, na qual se fizeram anunciar 33 grupos de peregrinos

 

O Pe. Francisco Pereira, capelão do Santuário de Fátima, presidiu à missa dominical no Recinto de Oração do Santuário de Fátima, para a qual se fizeram anunciar 33 grupos de peregrinos oriundos da Polónia, Irlanda, Espanha, Itália, Alemanha, Estados Unidos, Croácia, Brasil, China e Portugal. A Família Dehoniana faz neste domingo a sua peregrinação ao Santuário de Fátima, celebrando 75 anos de presença em Portugal.

“Hoje celebramos o Pentecostes, para os Judeus era uma efeméride muito importante, porque nesse momento Deus entregou os dez mandamentos ao povo”, explicou o sacerdote, realçando ainda que este dia também é importante para os cristãos, pois “ninguém foi testemunha do acontecimento da ressurreição e toda Jerusalém foi testemunha do Pentecostes, que é considerado o momento do nascimento da Igreja”.

No Pentecostes os cristãos celebram a descida do Espírito Santo, celebrado no 50º dia depois da Páscoa.

“Os sinais deste acontecimento são muito fortes, de um movimento inegável que transforma as pessoas”, disse ainda o Pe. Francisco Pereira, alertando os peregrinos presentes na Cova da Iria e todos os que acompanharam a celebração através dos meios de comunicação social e digital para o facto de “sentirmos que a Igreja precisa de um abanão, de algo que acorde os cristãos da letargia em que estão, e que nos transforme em pessoas verdadeiramente interessadas pelo próximo”.

“O Papa chama-lhe caminho sinodal, e muitas vezes não sabemos como isso se faz”, disse ainda afirmando que neste dia é importante “levantarmo-nos e erguer as velas ao vento que sopra, para poder navegar nas águas revoltas deste mundo que nos rodeia”.

“Ser homens e mulheres da igreja é ser homens e mulheres de comunhão, é ser casa acolhedora e aberta”, concluiu.

Esta tarde, acontece o terceiro Encontro na Basílica deste ano pastoral, pelas 15h30, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, com a Irmã Liliana Reis, religiosa da Aliança de Santa Maria, que vai olhar para “O Santuário como lugar para a experiência da ‘luz que é Deus’”.

A segunda parte do encontro oferecerá um recital que conjuga a música, pelo organista do Santuário de Fátima Davide Barros, com a poesia, declamada por Fausto Ferreira, cantautor autodidata, que tem contribuído pontualmente com algumas composições para cordofones tradicionais portugueses, realizadas no âmbito de atividades da Pastoral dos Jovens do Santuário de Fátima.

O evento tem entrada gratuita.

PDF

HORÁRIOS

15 ago 2022

Missa, na Basílica da Santíssima Trindade

  • 15h00
Missa

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 16h00
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.