12 de outubro, 2019

119A4054.jpg

Peregrinação de outubro começa com prece pela paz na Coreia e na Síria

Cardeal D. António Marto renova pedido de Nossa Senhora aos pastorinhos, desafiando peregrinos a rezarem o terço pela paz

 

O cardeal D. António Marto renovou esta tarde o pedido deixado por Nossa Senhora em 1917 aos pastorinhos, desafiando os peregrinos a rezarem o terço todos os dias pela paz nas famílias, nos países e no mundo, em especial na Coreia e na Síria.

“Neste mês de outubro comemoramos Nossa Senhora como a Senhora do Rosário. Foi assim que Ela se apresentou aos Pastorinhos pedindo-lhes que rezassem o terço todos os dias. Também nós, hoje, queremos apelar à oração pela paz nas famílias, nos países e no mundo, mas em especial na Coreia e na Síria”, disse o bispo de Leiria-Fátima.

“Nesta peregrinação de outubro, mês missionário extraordinário, queremos ter em intenção esta vontade do Papa para que o sopro do espírito frutifique no coração dos homens” reforçou o cardeal português sublinhando “o afeto e comunhão” com os cristãos católicos da Coreia e de toda Ásia que “aqui vêm em número tão expressivo”.

“A sua presença aqui alegra-nos muito e permite-nos exprimir o afeto e comunhão com os cristãos católicos da Coreia e de toda a Ásia” explicitou sublinhando que o “caminho que faz cada peregrino torna-se uma expressão viva da peregrinação interior”, que por mais dolorosa que seja “faz-se sempre com esperança porque sabemos que no termo do caminho alguém nos espera e espera por nós”. Por isso, rematou D. António Marto, “a peregrinação é uma viagem com fé”.

 A Peregrinação Internacional Aniversária de outubro é presidida pelo arcebispo de Seul, cardeal Andrew Yeom Soo-Jung.

“Eu sou peregrino como vocês, também venho em peregrinação ao encontro da Mãe. Vamos rezar e pedir a Nossa Senhora de Fátima pela paz no mundo e pela nossa conversão” disse o prelado asiático.

A Peregrinação Internacional de Outubro assinala a 6ª Aparição de Nossa Senhora aos Pastorinhos e marca o fim das grandes peregrinações internacionais no Recinto de Oração.

Estão inscritos no Santuário 157 grupos de mais de três dezenas de países, entre eles muitos da Ásia.

A peregrinação prossegue às 21h30 com o Rosário, que terá um mistério rezado em coreano, seguindo-se a Procissão das Velas e depois a Missa da Vigília. Durante a madrugada a Vigília será animada por colaboradores do Santuário.

Amanhã de manhã o Terço será às 9h00, seguindo-se a Missa Internacional. A peregrinação terminará com a Procissão do Adeus.

PDF

HORÁRIOS

22 nov 2019

Missa, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

  • 07h30
Missa

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 12h00
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.