14 de junho, 2020

3J3A8067.jpg

 

Reitor do Santuário desafia peregrinos a serem os mensageiros da solicitude compassiva de Deus

Peregrinos regressam a Fátima para a Missa dominical respeitando as regras de segurança e distanciamento social

 

O reitor do Santuário de Fátima exortou esta manhã os peregrinos que formavam uma expressiva assembleia no Recinto de Oração a serem mensageiros da solicitude e da compaixão de Deus.

“A Palavra de Deus este domingo fala-nos do carinho e da ternura com que nos olha, da atenção que nos dedica e do amor com que vem em nosso auxílio. Em Jesus Cristo revela-se este rosto misericordioso de Deus. Sermos cristãos é assumirmos nós também esta missão” afirmou o padre Carlos Cabecinhas na homilia da Missa a que presidiu, e que contou já com um grupo de peregrinos inscrito, oriundo da diocese do Porto.  

“Esta compaixão que Jesus apresenta significa a disponibilidade para abraçar o sofrimento dos outros como seu; não é uma atitude passiva de quem tem pena e encolhe os ombros. A compaixão de Jesus é diferente: Ele está disponível para nos acolher e nos acompanhar” referiu.

“A vocação dos discípulos, que Jesus chamava pelo nome, um por um, é também o nosso chamamento hoje. Ele chama-nos a sermos capazes de levar aos irmãos o amor compassivo de Deus” frisou ao salientar que se trata de uma atitude exigente, que “nos obriga a vencer a ditadura da indiferença diante do sofrimento dos outros”.

“Somos chamados a ser sensíveis à dor dos irmãos; somos chamados a aproximar-nos daqueles com quem trabalhamos, vivemos e nos deparamos e a abraçá-los”, referiu ainda ao destacar que esta atitude requer “oração confiante”.

“A mensagem de Fátima leva-nos a esta compaixão e à necessidade desta oração”, afirmou ainda.

“É preciso rezar, e fazê-lo com confiança e sem desanimo porque é desta oração que nasce uma intimidade com Deus que nos torna mais disponíveis para os outros à semelhança dos santos Pastorinhos” que conscientes do amor que Deus lhes tinha se tornaram “transparência da compaixão e da misericórdia de Deus a tantos quantos com eles se cruzaram”.

“Confiemo-nos nas mãos do Senhor que está sempre atento às nossas necessidades e peçamos-Lhe um coração como o Seu atento e compadecido e peçamos-Lhe a capacidade para levar esse amor aos outros”, concluiu o reitor do Santuário.

Este domingo culmina uma semana que fica marcada em Fátima pelo regresso gradual dos peregrinos às celebrações de verão no Recinto de Oração o que tem acontecido no respeito integral pelas regras de segurança e distanciamento social. Embora sendo um espaço ao ar livre, os peregrinos têm mantido o uso da máscara e preservado o distanciamento físico entre si, seja durante as celebrações seja durante as visitas aos espaços de culto, oração ou museológicos, respeitando as indicações dos inúmeros acolhedores com que o Santuário conta para o acolhimento diário dos que peregrinam a Fátima.

PDF

HORÁRIOS

08 jul 2020

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 14h00
Terço

Missa, na Basílica da Santíssima Trindade

  • 15h00
Missa
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.