25 de abril, 2021

IMG_5973.JPG

Santuário de Fátima celebra Domingo do Bom Pastor com um apelo à oração pela vida consagrada

“Peçamos a Cristo Bom Pastor, por intercessão de Maria nossa Mãe, que dê à Igreja pastores santos, competentes e dedicados à missão”, afirmou o padre Joaquim Ganhou.

 

O Diretor do Departamento de Liturgia e capelão do Santuário de Fátima, que presidiu esta manhã à missa dominical no Recinto de Oração, exortou os peregrinos “a vencer todos os medos” e a deixarem-se  “envolver na Luz Pascal que conduz a vida na alegria e na esperança”.

A partir da liturgia deste IV Domingo da Páscoa, também designado como o Domingo do Bom Pastor e dia mundial de oração pelas vocações, o sacerdote sublinhou que "Jesus é o Bom Pastor, aquele que dá a vida pelas suas ovelhas".

Por isso” toda a vida cristã deve ser vista a partir da relação íntima e pessoal que se estabelece entre o Bom Pastor e o cristão batizado”.

“A liturgia deste domingo, assegura-nos a certeza de que o Senhor  é o nosso pastor, nunca nos abandona e nunca abandona o seu povo” referiu o padre Joaquim Ganhão sublinhando a importância de cada cristão, e em particular os consagrados, se configurarem a Jesus e as suas acções serem o espelho do amor de Deus.

“A promessa de Deus é de assegurar à Igreja, não quaisquer pastores, mas pastores «segundo o seu coração». E o coração de Jesus continua hoje a ter compaixão das multidões e a dar-lhes o pão da verdade e o pão do amor e da vida”, referiu por oposição aos “mercenários que tantas vezes nos enganam”.

O sacerdote destacou ainda a importância de acolher todos os que se aproximam das comunidades católicas.

“As pessoas têm necessidade de sair do anonimato e do medo, precisam de ser reconhecidas e chamadas pelo nome, de caminhar seguras nas estradas da vida,  vencerem todas as dificuldades nestes tempos de pandemia que ainda vivemos,  de serem encontradas quando se perderem, de serem amadas, de receberem a salvação como o maior dom do Amor de Deus: é isto precisamente, o que faz Jesus, o Bom Pastor. Ele e todos aqueles que chamou a serem pastores do seu povo”, esclareceu.

Na homilia deste domingo, que encerra a Semana de Oração pelas Vocações, em que se celebra o 58ª Dia da Oração pelas Vocações, salientou a vocação principal deste Santuário, que é o acolhimento.

“O Santuário de Fátima onde nos encontramos é um lugar onde podemos sentir em cada dia a solicitude de Cristo Bom Pastor por cada um de nós e pela humanidade inteira” referiu.

“Aqui nos sentimos acolhidos e amados; aqui encontra  cada um de nós um Coração que acolhe e se torna refúgio e conforto em todas as horas da vida.”, afirmou .

“Maria, Mãe de Cristo Bom Pastor, aqui nos acolhe sempre no Seu Coração Imaculado e, como aos Santos Pastorinhos nos convida a vencer todos os medos e a deixarmo-nos envolver na Luz Pascal que conduz a nossa vida na alegria e na esperança”, concluiu.

Este Domingo, para assinalar aquele que seria o 12º Encontro de Coros Infantis do Santuário, terá estreia às 15h00, no Youtube e no Facebook,  um vídeo sobre a Schola Cantorum Pastorinhos de Fátima- o percurso da maioridade. 

PDF

DESTAQUES

HORÁRIOS

16 mai 2021

Missa, na Basílica da Santíssima Trindade

  • 07h30
Missa

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 10h00
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.