27 de janeiro, 2022

Captura de ecra 2022-01-26, as 21.57.29.png

Seminário DesCodificar Fátima uniu Portugal a oito países de três continentes

Mais de 200 participantes inscreveram-se na primeira iniciativa on-line do Departamento de Estudos do Santuário de Fátima. O balanço é “positivo” e, por isso, a iniciativa regressa no próximo ano

 

As quatro sessões do webinar DesCodificar Fátima terminaram esta quarta-feira e constituíram um sucesso do ponto de vista do número de participantes- em média mais de centena e meia por cada sessão- e da sua origem, muito diversificada: Brasil, Polónia, Costa Rica, Panamá, Itália, Suiça, Angola e Espanha.

O seminário, desenvolvido para o ambiente digital pelo Departamento de Estudos do Santuário, visou “apresentar sínteses sobre temas de Fátima procurando fazê-lo de forma muito rápida e direta, mostrando em pouco tempo de lecionação chaves de leitura para temáticas muitas vezes difíceis de apreender. O balanço é muito positivo e a grande adesão dos participantes revela a necessidade de formação sobre estas matérias” afirmou à Sala de Imprensa do Santuário o diretor do Departamento de Estudos, Marco Daniel Duarte, que ontem à noite anunciou já a realização do II Webinar DesCodificar Fátima, em janeiro de 2023.

“A dinâmica dos webinars deixou claro que o formato tem muitas potencialidades, entre as quais a de juntar numa única turma pessoas de diferentes lugares do mundo. Dos participantes fora de Portugal sentimos um reconhecimento por esta iniciativa ter sido levada a cabo neste formato e um pedido para que continuemos a fazer mais ações de formação de forma telemática”, acrescentou ainda o responsável.

“Esta iniciativa é um sinal dos tempos, sobretudo se nos detivermos no seu formato, o que tem claras vantagens: por um lado mantem-nos na comodidade do nosso lar e por isso não precisamos de usar máscara, imunes a vírus e, por outro lado, facilita e permite uma participação muito mais diversificada como a que vemos aqui representada de tantos lugares, e alguns bem distantes”, afirmou o reitor do Santuário, padre Carlos cabecinhas, no inicio da primeira sessão que abordou dois temas: “Visões, aparições e outras formas de dizer” e “A imagem de Nossa Senhora de Fátima”.

A proposta foi idealizada para o público em geral e, concretamente, para investigadores das áreas das Ciências Humanas e Sociais (História, História da Arte, Antropologia, Sociologia, Geografia Humana, Filosofia, Teologia, Ciências Religiosas); estudantes universitários das áreas das Ciências Humanas e Sociais (História, História da Arte, Antropologia, Sociologia, Geografia Humana, Filosofia, Teologia, Ciências Religiosas); professores do ensino básico e secundário (áreas de História, História da Arte, Filosofia, Educação Moral e Religiosa Católica); e formadores, catequistas e outros agentes pastorais.

“Os escritos de Lúcia de Jesus”, “Os Papas e Fátima”, “Segredo ou segredos?”, “As três representações de Nossa Senhora de Fátima”, “Os lugares das aparições” e “As orações de Fátima” foram outros dos temas abordados. Aliás, sobre este último tema, porventura um dos menos publicitados de Fátima e de maior complexidade teológica, Marco Daniel Duarte afirmou que “a partir da mensagem de Fátima, a Igreja enriquece o seu património orante” e, este é “um dos aspectos que Fátima doa à humanidade”, como lugar que promove a oração.

O diretor do Departamento de Estudos apresentou cinco orações ligadas a Fátima, “com uma função especifica”, que permitem ajudar os fieis na oração, sempre a partir do acontecimento, nomeadamente o Terço, Adoração Eucarística, Meditação da Palavra de Deus, Confissão Sacramental e Comunhão Eucarística.

Durante a última sessão foi ainda abordada a temática dos lugares de Fátima desde a zona de Valinhos onde se deram duas das três aparições do Anjo, em 1916 e a quarta Aparição de Nossa Senhora em agosto de 1917 à Cova da Iria onde decorreram as restantes aparições, lugar onde hoje se encontra o corpo principal do Santuário de Fátima: a Capelinha das Aparições, as duas Basílicas e a grande `esplanada´ de Oração, lugares que “fazem transbordar Fátima” para o mundo a partir da presença de grande multidões de peregrinos, provenientes dos cinco continentes.

O Departamento de Estudos encontra-se a preparar a 7.ª edição Curso de Verão, que decorrerá entre 6 e 8 de julho. Terá como tema Santa Jacinta Marto e trará a Fátima muitos investigadores que abordarão conteúdos relacionados com a vida da santa mais jovem do catolicismo.  

PDF

HORÁRIOS

20 jun 2024

Missa, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

  • 07h30
Missa

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 12h00
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.