08 de novembro, 2019

2019-10-31_Encontro_na_Basilica_2.jpg

Última edição dos Encontros da Basílica de 2019 vai refletir sobre Fátima enquanto lugar de fragilidade

Domingo, 10 de novembro, às 15h30, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário, o diretor do Departamento de Pastoral da Mensagem de Fátima, padre José Nuno Silva, apresenta o tema “Fátima, lugar de fragilidade – doença e pecado”.

 

O ciclo de Encontros na Basílica deste ano pastoral – dedicado a salientar Fátima como experiência de eclesialidade e como meta de peregrinação – encerra no próximo dia 10 de novembro, com a conferência “Fátima, lugar de fragilidade – doença e pecado”, a cargo do padre José Nuno Silva, atual diretor do Departamento de Pastoral da Mensagem de Fátima. O encontro está agendado para as 15h30 e incluiu um recital do Coro de Câmara VianaVocale, dirigido por Vítor Lima e acompanhado por Diogo Zão, no órgão, e Filipe Novais, no fagote.

Partindo da premissa de que “o sofrimento, ligado à vivência da doença - que evoca a inexorabilidade da morte no tempo -, e do pecado - que evoca a possibilidade da morte eterna -, é aquela experiência humana radical em que o sujeito humano, como no amor, toma consciência de si precisamente como tal” e sente necessidade de “re-significar a sua condição e a sua existência na raiz e no fruto, no crescimento e no cuidado, outro modo de dizer redimir”, a palestra vai justificar Fátima como “lugar de fragilidade humana”, enquanto “evento teológico e teologal da graça e da misericórdia (que) assume a sua plenitude de potencial de sentido pascal oferecido por Deus à humanidade”.

“Nesta perspetiva, a luz de Fátima, o manto de luz que é Fátima deve interpretar-se como convite à re-significação da fragilidade da condição e da existência humana pela resposta livre - em amoroso frágil sacrifício orante e cuidadoso de si mesmo a Deus pelo outro no mistério da sua fragilidade”, escreve o orador, na sinopse do encontro.

O padre José Nuno Ferreira da Silva é presbítero da diocese do Porto desde 1989 e é, desde outubro de 2016, responsável pelo Departamento de Pastoral da Mensagem de Fátima. Foi Capelão do Hospital de S. João desde 1998, tendo integrado a Comissão de Ética e a de Humanização. Foi coordenador da pastoral da saúde na diocese do Porto desde 2004 e, a partir de 2007, assistente do secretariado diocesano da pastoral da saúde. Entre 2002 a 2012 foi coordenador nacional das capelanias hospitalares e membro da Comissão Nacional de Pastoral da Saúde. Integrou o comitê da Rede Europeia de Capelanias Hospitalares e é responsável pela criação, em Portugal, do Grupo de Trabalho inter-religioso Religiões/Saúde. Integrou a Comissão de Ética do Instituto Nacional de Saúde Pública Ricardo Jorge e lecionou em diversas Escolas Superiores de Saúde, nas áreas da Antropologia, da Ética e da Espiritualidade da Saúde.

O momento musical que se segue à palestra será interpretado pelo Coro de Câmara VianaVocale, com a direção de Vítor Lima e acompanhamento pelo fagotista Filipe Novais e o organista Diogo Zão. Em conjunto, irão interpretar um repertório com grande incidência no culto mariano. Do Barroco tardio à contemporaneidade, as obras a apresentar são alicerçadas em salmos, hinos e cânticos que têm como pano de fundo a espiritualidade, a paz e o mistério da vida.

Os Encontros na Basílica são uma proposta de reflexão sobre Fátima, em formato de palestra com um recital de música, que o Santuário dinamiza durante o triénio 2017-2020, que tem como tema genérico “Tempo de graça e misericórdia”.

Todas as sessões dos Encontros na Basílica acontecem ao domingo, às 15h30, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima e são de entrada livre.

PDF

HORÁRIOS

22 nov 2019

Missa, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

  • 07h30
Missa

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 12h00
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.