18 de outubro, 2020

2020-10-18_Missa_Domingo_2.jpg

Reitor do Santuário exorta peregrinos a “viver todas as dimensões da vida a partir da fé”

Na homilia da Missa deste domingo, o padre Carlos Cabecinhas refletiu sobre o lugar que Deus assume na vida dos cristãos e apresentou como exemplo a entrega incondicional na fé dos santos Pastorinhos.

 

O reitor do Santuário, padre Carlos Cabecinhas presidiu à Missa deste XXIX Domingo do Tempo Comum e Dia Mundial das Missões, esta manhã, no Recinto de Oração do Santuário de Fátima. Na homilia, o sacerdote exortou os peregrinos a “confiar a existência nas mãos de Deus, vivendo todas as dimensões da vida a partir da fé”, dando-Lhe o “coração, o entendimento e as forças”, à imagem da entrega dos santos Pastorinhos.

A partir da expressão do Evangelho de Mateus: “Dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus”, o presidente da celebração deduziu aquela que considerou ser a questão fundamental da Palavra proclamada: o lugar que damos a Deus nas nossas vidas.

“Se o Estado nos exige taxas, tributos, impostos e observância das suas leis, Deus pede-nos bem mais do que isso: o coração, a inteligência e vontade. As moedas romanas tinham cunhada a imagem do imperador, mas nós trazemos inscrita a imagem de Deus, porque fomos criados à Sua imagem e semelhança e só Ele deve ocupar o centro das nossas vidas”, explicou o padre Carlos Cabecinhas, ao destacar o “cerne da Mensagem de Fátima” e o exemplo de entrega dos santos Francisco e Jacinta Marto.

“[Dar a Deus o que é de Deus] é, como os santos Pastorinhos de Fátima, dar resposta positiva à pergunta de Nossa Senhora: “Quereis oferecer-vos a Deus?”, e, como eles, vivermos coerentemente com essa resposta. Significa darmos tempo para estarmos com Ele em oração. É desta centralidade de Deus nas nossas vidas que nos fala toda a Mensagem de Fátima: dar-Lhe o lugar que só a Ele compete nas nossas vidas.”

Na oração dos fiéis deste Dia Mundial das Missões, uma das preces pedia “pelas missões de todo o mundo, pelas irmãs e irmãos que as servem e pelos cristãos que por elas oram”.

A exemplo do que tem vindo a acontecer, os peregrinos cumpriram as regras que visam uma ocupação segura do espaço do Recinto de Oração, no contexto pandémico, garantindo o distanciamento físico e assumindo, desde o início da celebração, uma posiçãio fixa num dos perímetros marcados no solo.

Este domingo, no Rosário das 18h30, o Santuário de Fátima será um dos centros da jornada mundial de oração pelo Terço com as crianças, uma iniciativa internacional da Fundação Ajuda à Igreja que Sofre que, em Portugal tem o apoio, além do Santuário de Fátima, da Rede Mundial de Oração pelo Papa e do Apostolado Mundial de Fátima.

PDF

HORÁRIOS

23 out 2020

Missa, na Basílica da Santíssima Trindade

  • 07h30
Missa

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 12h00
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.