28 de dezembro, 2020

 

AF_BANNER-ENCONTROS-NA-BASILICA-I.jpg

Encontros na Basílica vão convidar peregrinos a imitar Maria sendo " portadores da alegria e do amor"

Primeiro de cinco encontros acontece a 10 de janeiro na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

 

A Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima acolhe no próximo dia 10 de janeiro de 2021, o primeiro de cinco encontros na Basílica, no 1.º Ano do Ciclo Pastoral Como Maria, portadores da alegria e do amor - Louvai o Senhor, que levanta os fracos. Com início pelas 15h30, esta iniciativa vai ter como palestrante Ricardo Freire, com o tema «Jovem, eu te digo, levanta-te»: o Deus que levanta os fracos e dá a vida.

Este momento formativo tem como partida um cortejo fúnebre ocorrido em Naim, que de forma surpreendente se vai tornar um momento de alegria, pela "presença de Jesus, o seu encontro com a realidade dramática da humanidade e sobretudo os seus gestos de palavra e toque transformam a tristeza em alegria".

Ricardo Freire é membro da Congregação dos Sacerdotes do Coração de Jesus (Dehonianos) desde 1998, tendo sido ordenado presbítero em 2006. É licenciado em Sagrada Escritura pelo Instituto Bíblico Pontifício de Roma. No campo da formação bíblica, tem prestado a sua colaboração nas escolas da Universidade Católica Portuguesa, bem como na Escola de Leigos do Patriarcado de Lisboa e no Curso de Inter-Noviciados, em Fátima.

Na sua Congregação, é membro da equipa formadora do Seminário de Nossa Senhora de Fátima (Alfragide), onde se formam jovens religiosos provenientes de Portugal, Camarões e Moçambique. É também pároco de São José do Bairro da Boavista (Lisboa).

Depois da palestra, segue-se um recital de órgão por António Mota. No programa deste momento musical, constam obras dos três nomes máximos do período barroco, nos seus respetivos países: Nicolas De Grigny, Carlos Seixas, e J. S. Bach.

António Mota, é organista no Santuário de Fátima desde março do presente ano, é doutorado em Música pela Universidade de Aveiro, com uma tese sobre Olivier Messiaen, orientada pelo Prof. Doutor João Pedro Oliveira, e licenciado em Órgão pela Escola Superior de Música de Lisboa, sob a orientação do Prof. Antoine Sibertin-Blanc (com nota máxima de final de curso e diploma de mérito). É ainda mestre em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores, pelo Instituto Superior Técnico, e professor auxiliar convidado no Departamento de Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro.

A 14 março acontece o segundo Encontros na Basílica, com José Nuno Silva e o tema “A fragilidade como lugar teológico e espiritual”. O recital de órgão acontecerá pela mão de Gregório Gomes. O terceiro Encontros na Basílica está agendado para 6 de junho, por André Pereira, que falará sobre Fátima como acontecimento, lugar e mensagem de esperança. O momento musical vai ter como protagonista Sílvio Vicente. A 11 de julho, Ângela Coelho, apresentará a palestra “Atravessar o sofrimento com(o) Francisco e Jacinta”, no quarto Encontros na Basílica. Rute Martins finda o momento com um recital de órgão.

No dia 5 setembro tem lugar o último de cinco encontros. Este momento de reflexão vai ter como tema “O caminho que te conduzirá a Deus: o encontro com Deus como experiência de conversão”, por Rui Ruivo. O recital de órgão vai estar a cargo de David Barros.

Desde 2018, o Santuário tem realizado, nesta Basílica cinco encontros anuais de reflexão sobre Fátima em formato de palestra com um recital de música.

Durante a conferência todos os participantes deverão respeitar as regras de segurança e higiene para este tipo de eventos, seguindo as indicações dos acolhedores do Santuário de Fátima.

PDF

DESTAQUES

CATEGORIAS

Geral Entrevista

HORÁRIOS

15 jan 2021

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 21h30
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.