10 de janeiro, 2019

2018-12-17_Encontro_Basilica.jpg

Encontros na Basílica vão refletir Fátima como experiência de Igreja e meta de peregrinação

Cinco palestras com recital de música são proposta do Santuário para aprofundar o tema do ano pastoral: “Dar graças por peregrinar em Igreja”

 

A primeira sessão dos Encontros na Basílica de 2019 realiza-se já no próximo domingo, dia 13 de janeiro, às 15h30, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, e vai refletir sobre o tema: “A comunidade cristã, Povo de Deus em caminho”. Esta primeira palestra estará a cargo do vigário geral da diocese de Leiria-Fátima, padre Jorge Guarda e contará com um recital pelo Coro de Câmara de São João da Madeira, com a direção de Joana Castro.

Para o presente ano pastoral, estão previstas mais quatro palestras. A 10 de março, o vice-reitor do Santuário de Fátima, padre Vítor Coutinho, vai abordar o tema “O acolhimento: carisma e tarefa da Igreja”; a 2 de junho, o tema “O Santuário como lugar de celebração e vivência da fé” será abordado pelo reitor do Santuário de Fátima, padre Carlos Cabecinhas; “Francisco Marto, peregrinação interior” será a reflexão trazida pelo teólogo Pedro Valinho Gomes, a 8 de setembro; e, na última palestra, a 10 de novembro, o padre José Nuno Silva, responsável pela pastoral da mensagem de Fátima, vai apresentar o tema “Fátima lugar da fragilidade - doença e pecado”.

Os Encontros na Basílica são uma proposta de reflexão sobre Fátima, em formato de palestra com um recital de música, que o Santuário dinamiza durante o triénio 2017-2020, que tem como tema genérico “Tempo de graça e misericórdia”.

O ano pastoral de 2018/2019, que iniciou no passado dia 2 de dezembro sob o tema “Tempo de graça e misericórdia: dar graças por peregrinar em Igreja”, pretende salientar Fátima como experiência de eclesialidade e como meta de peregrinação.

Na sessão do próximo dia 13 de janeiro, o vigário geral da diocese de Leiria-Fátima vai apresentar a Igreja a partir de quatro imagens: Maria, casa, comunidade e povo peregrino, para evidenciar que “não se é cristão sozinho” e para salientar os santuários como espaços de experiência da Igreja.

O padre Jorge Manuel Faria Guarda, vigário Geral da diocese de Leiria-Fátima há 20 anos, nasceu em 1958 (Santa Eufémia, Leiria) e foi ordenado padre em 1983. Estudou teologia em Coimbra e em Roma (universidades Lateranense e Gregoriana). Foi pároco, formador, professor e diretor espiritual no Seminário de Leiria. Trabalhou na pastoral das vocações, tendo sido secretário da Comissão Episcopal do Clero, Seminários e Vocações. Orientou retiros a sacerdotes, a religiosos, a religiosas e a leigos. Tem lecionado teologia, história das religiões e espiritualidade e feito conferências em vários lugares. Publicou “O Carisma dos Pastorinhos de Fátima” e “No Silêncio do Santuário. Orações a partir dos Salmos”.

O momento musical que se segue à palestra será interpretado pelo Coro de Câmara de São João da Madeira, com a direção de Joana Castro. Formado em 1992, este grupo de câmara de 15 vozes atuou no país e no estrangeiro (República. Checa, Espanha e Brasil), e já gravou dois CD’s: em 2001 e 2008.

Todas as sessões dos Encontros na Basílica acontecem ao domingo, às 15h30, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima e são de entrada livre.

PDF

HORÁRIOS

17 jun 2019

Rosário, na Capelinha das Aparições

  • 21h30
Terço
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. O seu navegador de Internet está desatualizado. Para otimizar a sua experiência, por favor, atualize o navegador.